Slider[Style1]

Style10

impostometro de Petrolina

Style3[OneLeft]

Style3[OneRight]

Publicidade

Style4

Style2

Style6

Style5[ImagesOnly]



O Dia Mundial do Autismo, comemorado neste último domingo (02), tem como objetivo conscientizar a população mundial sobre esse transtorno que afeta o desenvolvimento do cérebro de cerca de 70 milhões de pessoas em todo o mundo. Em Petrolina, a data foi lembrada através de uma carreata promovida pela Associação dos Amigos do Autista do Vale do São Francisco (AMAVASF).

Por se tratar de um transtorno de desenvolvimento que afeta a incapacidade para interagir socialmente, dificuldade no domínio da linguagem para comunicar-se e um padrão de comportamento restritivo e repetitivo, é necessário que as crianças diagnosticadas recebam apoio especializado, principalmente na fase educacional. Em Petrolina, este serviço é oferecido pelo Núcleo de Apoio Psicopedagógico aos Portadores de Necessidades Especiais (NAPPNE), que visa apoiar as crianças portadoras de necessidades especiais nas escolas públicas da rede municipal de ensino.

Havendo o diagnóstico de deficiência, apontado pelos pais no ato da matricula através de um laudo médico, o Núcleo referencia à escola o apoio pelo professor de Atendimento Educacional Especializado (AEE), que realiza a inclusão desse aluno com deficiência em turmas regulares, auxiliando-o a, duas vezes por semana, através de acompanhamento individual no contra turno. Além do professor, um auxiliar é designado para atender ao aluno sendo responsável pela segurança, higiene e alimentação do estudante em todo o período que este estiver matriculado na rede.

Ao total, são 72 professores de AEE e 130 auxiliares inseridos no ensino regular, como preconiza as diretrizes do MEC. Atualmente, a Secretaria de Educação está convocando mais auxiliares para suprir a demanda.

Para continuar oferecendo um serviço de qualidade, o NAPPNE realizou na ultima semana, com o apoio da AMAVASF, uma formação com os Auxiliares. De acordo com a psicopedagoga do Núcleo, Creuza Lima, o encontro foi importante, pois orientou os agentes sobre as ações, o trabalho desenvolvido e propiciou uma troca de experiência com os profissionais. “Foi um momento de empoderamento para que os auxiliarem tenham condições de continuar oferecendo um bom trabalho atento Às necessidades especificas dos nossos estudantes e colaborando para que a inclusão, de fato, ocorra”, comentou.

“Os estudantes são matriculados mais próximos de sua casa. Atendemos cada uma dentro de sua necessidade, para que a criança possa se desenvolver intelectualmente e socialmente, junto com as demais crianças”
, pontua a Secretária de Educação do Município, Maéve Melo.

O NAPPNE fica localizado na Rua Castro Alves, 388, Centro, na Escola Dom Idílio.Tel:3862-1399.

Sobre montieur monteiro

«
Próximo
Postagem mais recente
»
Anterior
Postagem mais antiga

Nenhum comentário:

Poste um Comentário

Recomendados Para Você