Slider[Style1]

Style10

impostometro de Petrolina

Style3[OneLeft]

Style3[OneRight]

Publicidade

Style4

Style2

Style6

Style5[ImagesOnly]



Quem mora ou passa pela rua da Caridade, no bairro Dom Avelar, zona leste de Petrolina, certamente já reparou no tamanho de um buraco que foi aberto para a realização de uma obra de saneamento na localidade. O que muita gente não sabe, é que o tamanho da escavação é proporcional ao problema encontrado pelas equipes da Companhia Pernambucana de Saneamento (Compesa), que estão trabalhando em parceria com a Diretoria de Saneamento da Secretaria de Infraestrutura, Habitação e Mobilidade (SEINFRAHM) na realização do mutirão de saneamento na cidade.

Por causa da existência de um grande lençol freático na localidade, a obra de substituição de um poço de visita, por onde corre grande parte do esgoto do bairro Dom Avelar, não pôde seguir o planejamento inicial, usando concreto, e novos estudos tiveram que ser realizados, atrasando o trabalho em cerca de 15 dias. A ideia era encontrar uma maneira de resolver o problema que causasse o menor impacto possível. Por isso, engenheiros da SEINFRAHM e da Compesa tiveram de recorrer a uma solução inédita em Petrolina. A companhia adquiriu em Salvador-BA, um poço de visita fabricado inteiro em PVC. Somente com essa peça será possível fazer a interligação de toda a rede de esgoto. Dessa forma, o sistema de saneamento dos bairros Dom Avelar e Terras do Sul estará completo, fazendo com que os resíduos que antes escorriam pelas ruas, sejam destinados à rede de esgoto. Com a solução em mãos, os serviços foram retomados na última quarta-feira (05) e devem seguir até o fim do mês.


Felipe Pereira / Ascom PMP / Foto: SEINFRAHM

Sobre montieur monteiro

«
Próximo
Postagem mais recente
»
Anterior
Postagem mais antiga

Nenhum comentário:

Poste um Comentário

Recomendados Para Você