Slider[Style1]

Style10

impostometro de Petrolina

Style3[OneLeft]

Style3[OneRight]

Publicidade

Style4

Style2

Style6

Style5[ImagesOnly]

(Reprodução / TV Grande Rio)


Moradores de Conceição das crioulas reclamam da paralisação das obras na estrada que liga o povoado a BR-116 em Salgueiro, no Sertão de Pernambuco. A estrada está cheia de obstáculos e os motoristas tem dificuldade de transitar no trecho diariamente.

A principal via de acesso ao povoado de conceição das crioulas se dá através da estrada de terra batida. Neste trecho passam dezenas de motoristas todos os dias. “Como a estrada é muito longe e tem uma buraqueira danada. Com certeza, o asfalto seria muito melhor que não ia quebrar. A gente não ia ter prejuízo com os carros”, relata o carpinteiro, Edson Bezerra.

Em Julho do ano passado, o governo do estado iniciou uma obra para asfaltar toda a estrada que passaria a ser chamada de PE-460. São mais de 25 quilômetros de terra batida e o custo do serviço seria de mais de 17 milhões de reis, mas pouco tempo depois, os trabalhos foram paralisados e as máquinas voltaram para o estaleiro.

No ponto mais crítico da estrada são aproximadamente dez quilômetros de muito buraco e obstáculos pela frente. Quem passa pelo local todos os dias, tem enfrentado muitas dificuldades. O pipeiro Damião Silva trabalha com carro-pipa transportando água para a comunidade e diz que o caminhão quebra quase toda semana. “Essa semana eu vim quebrou uma mola, furou uma mola e eu perdi mais de meio dia de serviço”, conta. (VÍDEO)

Antônio José, tem comércio em Conceição das Crioulas e há 12 anos viaja quatro vezes por semana para comprar mercadoria e pede providências. “Toda vez a gente só vê caminhão quebrado. A gente compra um carro novo é dois anos que a gente acaba com ele. Vai se embora a estrada não presta e é muita trepidação”.

Durante a visita do governador a salgueiro no último sábado, Paulo câmara assinou na rodada do Seminário Pernambuco em Ação, a ordem para retomada da construção da estrada. As obras devem começar a partir desta semana. Segundo a assessoria do governador, até agora foram gastos R$5 milhões de reais e serão investidos mais 8 milhões. O prazo para que a obra seja concluída é em 2018. Informações do G1 Petrolina.

Sobre montieur monteiro

«
Próximo
Postagem mais recente
»
Anterior
Postagem mais antiga

Nenhum comentário:

Poste um Comentário

Recomendados Para Você