Slider[Style1]

Style10

impostometro de Petrolina

Style3[OneLeft]

Style3[OneRight]

Publicidade

Style4

Style2

Style6

Style5[ImagesOnly]

Retorno entre a Monsenhor Angêlo Sampaio e a Integração em Petrolina (Foto: Reprodução/ TV Grande Rio )


Um Petrolina, no Sertão de Pernambuco, condutores estão desobedecendo as leis de trânsito nos retornos que ficam entre as avenidas Monsenhor Ângelo Sampaio e da Integração. As infrações acabam gerando irritação para quem percorre as vias diariamente . De acordo com a Autarquia Municipal de Mobilidade de Petrolina (Ammpla) , quem não obedece às normas de trânsito pode ser punido.

No trecho, o veículo que faz o retorno tem a preferência de passagem. No retorno existem duas placas, uma vertical e outra horizontal. Elas indicam parada obrigatória segundo o Código de Trânsito Brasileiro.

Apesar da sinalização é comum encontrar muitos motoristas que vêm em sentido reto. Com isso, o retorno fica travado pelos carros e as filas se formam no local. “Nós estamos prontos para passar, mas ninguém respeita. Tem uma placa na parada, mas ninguém respeita. Alguém tem que tomar uma providência”, diz um motorista que não quis se identificar.

Alguns motoristas até que respeitam. “Sempre eu paro, mas às vezes eu vejo o pessoal fazendo errado”, revela um motorista que também não se identificou. Já Josinaldo da Silva Cavalcanti disse que é comum o derespeito à sinalização. “Muita gente não tem respeito ao trânsito, porque tem uma placa ali dizendo PARE e não param”, diz.

A fiscalização no local é feita pelos agentes de trânsito e quem desobedece pode ser punido. “ De acordo com o Códico de Trânsito Brasileiro, o artigo 208, prevê uma multa de R$293 e sete pontos na Habilitação”, explica o agente de trânsito da Ammpla, Franklin Alves. Informações do G1 Petrolina.

Sobre montieur monteiro

«
Próximo
Postagem mais recente
»
Anterior
Postagem mais antiga

Nenhum comentário:

Poste um Comentário

Recomendados Para Você