Slider[Style1]

Style10

impostometro de Petrolina

Style3[OneLeft]

Style3[OneRight]

Publicidade

Style4

Style2

Style6

Style5[ImagesOnly]

Segundo a Polícia Civil, ordem para matar pessoas e o comando do tráfico de drogas na cidade vinha de dentro do presídio (Foto: Taisa Alencar)


Três pessoas foram presas suspeitas de integrarem uma associação criminosa com atuação em Petrolina, no Sertão de Pernambuco. A organização foi desarticulada durante a 'Operação Alcateia 2', apresentada nesta sexta-feira (19), pela Polícia Civil (PC). Além dos três presos, seis detentos do sistema prisional são apontados como membros da associação que comandava o tráfico de drogas e ordenava mortes de dentro do presídio. Ainda é atribuido ao grupo o crime de associação para o tráfico.

Foram cumpridos três mandados de prisão preventiva e nove de busca e apreensão em domicílios e penitenciárias. De acordo com informações da Polícia Civil, seis alvos dos mandados de busca e apreensão ocorreram dentro do sistema prisional, devido ao envolvimento de detentos no comando do tráfico de drogas e homicídios registrados nas cidades de Petrolina, Santa Maria da Boa Vista e Igarassu.


Droga apreendida com jovens em Petrolina era de líder da associação criminosa (Foto: Taisa Alencar / G1)

Os presos e os materiais apreendidos foram encaminhados para a 26ª Delegacia Seccional de Petrolina, localizada no 5º Batalhão de Polícia Militar (5º BPM) e em seguida recolhidos para a Penitenciária Dr. Edvaldo Gomes e para a cadeira pública. Participaram da operação 100 policiais entre civis e militares. Informações da Taisa Alencar / G1 Petrolina.

Sobre montieur monteiro

«
Próximo
Postagem mais recente
»
Anterior
Postagem mais antiga

Nenhum comentário:

Poste um Comentário

Recomendados Para Você