Slider[Style1]

Style10

impostometro de Petrolina

Style3[OneLeft]

Style3[OneRight]

Style4

Style2

Style6

Style5[ImagesOnly]

Polícia investiga morte de quatro pessoas carbonizadas no sudeste do PA (Reprodução / TV Liberal)


A polícia prendeu na terça-feira (2), três homens suspeitos de matar e queimar os corpos de um policial militar da reserva, do filho dele e de mais duas pessoas em Santa Maria das Barreiras, no sul do Pará. Segundo a polícia, o crime teria sido motivado por disputa de terras. Os presos foram levados para a delegacia de Santana do Araguaia, onde estão sendo autuados.

As vítimas foram encontradas na última terça-feira dentro de uma caminhonete na invasão Cristalino, um terreno de cerca de 40 mil hectares, que abrange os municípios de Santana do Araguaia, Santa Maria das Barreiras e Cumaru do Norte. O policial e o filho estariam envolvidos em ações de retirada dos invasores do terreno.

Equipes das polícias Civil e Militar foram ao assentamento Cristalino e prenderam três homens suspeitos de participação no crime. Eles reagiram a ação policial e houve troca de tiros. Um quarto suspeito foi atingido e morreu no local.

Uma equipe da Divisão de Homicídios de Belém está no município para levantar mais informações sobre o crime.

“Estão sendo apuradas ainda as circunstâncias, mas se sabe que esse grupo reuniu para tirar a vida do policial da reserva, tendo em vista a tentativa de expulsar alguns invasores da área. Então, o conflito entre invasores pela disputa de área de terras na região, em especial a desocupação de áreas invadiras”, explicou o superintendente regional de Polícia Civil, Antônio Miranda.

Os corpos carbonizados chegaram na manhã desta quarta-feira (3) no Instituto Médico Legal (IML) de Marabá, sudeste do Pará. Eles serão identificados através de exames de DNA, que devem ficar prontos em até 15 dias. Informações do G1 PA, Belém.

Sobre montieur monteiro

«
Próximo
Postagem mais recente
»
Anterior
Postagem mais antiga

Nenhum comentário:

Poste um Comentário

Recomendados Para Você