Slider[Style1]

Style10

impostometro de Petrolina

Style3[OneLeft]

Style3[OneRight]

Publicidade

Style4

Style2

Style6

Style5[ImagesOnly]

O maior avião do mundo tem duas fuselagens, unidas por uma asa de 117 metros (Foto: April Keller / Stratolaunch Systems Corp / AFP)



Um gigantesco avião criado para colocar foguetes em órbita saiu nesta quarta-feira (31) pela primeira vez do hangar onde estava para iniciar uma etapa de testes na Califórnia, Estados Unidos, informou o fabricante Stratolaunch.

"Isto marca o fim da fase inicial de construção da aeronave e o começo da fase de testes em terra (...), incluindo turbinas e taxiamento antes do primeiro voo", disse Jean Floyd, CEO da empresa do magnata filantropo e cofundador da Microsoft Paul Allen.

O maior avião do mundo tem duas fuselagens, unidas por uma asa de 117 metros, e agora está estacionado fora do hangar em Mojave.

Utilizando seis turbinas, o avião de 227 toneladas foi projetado para lançar satélites - e levar humanos, algum dia - em órbitas baixas da Terra.

"Stratolaunch está prestes a realizar sua primeira demonstração de lançamento [ao espaço] em 2019", disse Floyd.

O plano é colocar em órbita um foguete Pegasus, usado normalmente para transportar satélites, que irá entre as duas fuselagens.

"Isto marca um passo histórico em nosso trabalho para realizar o sonho de Paul G. Allen de ampliar o acesso à órbita baixa da Terra", destacou o executivo.

A companhia adquiriu dois Boeings 747 usados e os remontou em uma unidade capaz de decolar com uma carga de 590 toneladas. (VÍDEO)

O Stratolaunch também é chamado de "Ruc", a ave mitológica persa capaz de levantar um elefante. Informações da France Presse / G1.

Sobre montieur monteiro

«
Próximo
Postagem mais recente
»
Anterior
Postagem mais antiga

Nenhum comentário:

Poste um Comentário

Recomendados Para Você