Slider[Style1]

Style10

impostometro de Petrolina

Style3[OneLeft]

Style3[OneRight]

Publicidade

Style4

Style2

Style6

Style5[ImagesOnly]

(Divulgação/PRF)


Polícia Federal em Pernambuco (PF) divulgou, nesta segunda-feira (26), um balanço parcial de apreensões de maconha feitas este ano, no estado. Em três operações, os agentes erradicaram 966 mil pés da erva. Com isso, deixaram de ser produzidas 322 toneladas do entorpecente. Houve, de janeiro a junho, a destruição de 281 mil plantios e apreensão de 2,7 toneladas da droga pronta para o consumo.

Nesta segunda, a PF também divulgou a incineração de mais de 500 quilos de drogas apreendidas entre 2015 e 2017. Os entorpecentes foram recolhidos em 18 operações. A destruição do material aconteceu em Igarassu, no Grande Recife.

De acordo com a PF, foram incinerados 446 quilos de maconha, 74,8 quilos de cocaína, crack e pasta base, além de 16 quilos de produtos químicos.

De acordo com a PF, durante o ano são realizadas várias operações de erradicação de maconha O ciclo produtivo é acompanhado de perto por policiais federais e quando vai se aproximando o período da colheita novas ações são realizadas coibindo assim a secagem e conseqüente introdução no mercado consumidor.

A corporação informa que grande parte da maconha apreendida no estado ou é oriunda do Paraguai. Há, ainda, o produto colhido precocemente, antes da deflagração das operações de erradicação. As informações são do G1 PE.

Sobre montieur monteiro

«
Próximo
Postagem mais recente
»
Anterior
Postagem mais antiga

Nenhum comentário:

Poste um Comentário

Recomendados Para Você