Slider[Style1]

Style10

impostometro de Petrolina

Style3[OneLeft]

Style3[OneRight]

Publicidade

Style4

Style2

Style6

Style5[ImagesOnly]

(Reprodução/Noticias ao Minuto / iStock)


Os estudos científicos mostram que a realização do Papanicolau é responsável pela redução significativa na mortalidade por câncer de colo uterino. De acordo com o ginecologista e obstetra de São Paulo, Gustavo de Paula Pereira, o Papanicolau é um exame indicado para rastrear as lesões precursoras do câncer de colo uterino e, assim, evitar a progressão aos tumores invasivos. E segundo a última recomendação do Ministério da Saúde, a mulher deve realizar o exame a partir dos 25 anos, se já iniciou a atividade sexual. Já aquelas que não iniciaram a vida sexual, não precisam realizá-lo.

O Ministério ainda recomenda que a rotina para o rastreamento no Brasil seja a repetição do exame Papanicolau a cada três anos, após dois exames normais consecutivos realizados com um intervalo de um ano. Além disso, de acordo com a OMS (Organização Mundial de saúde), a realização do Papanicolau, conforme as orientações vigentes, reduz a mortalidade por câncer de colo-uterino entre 60 a 90%.

“Após os 65 anos, se a mulher fez os exames preventivos conforme o indicado, ela estaria dispensada da realização do exame, já que trata-se de uma doença de evolução lenta”, finaliza Gustavo. As informações são do Noticias ao Minuto.



Sobre montieur monteiro

«
Próximo
Postagem mais recente
»
Anterior
Postagem mais antiga

Nenhum comentário:

Poste um Comentário

Recomendados Para Você