Slider[Style1]

Style10

impostometro de Petrolina

Style3[OneLeft]

Style3[OneRight]

Publicidade

Style4

Style2

Style6

Style5[ImagesOnly]

Sport caiu na Sul-Americana (Foto: Juan Mabromata/AFP)



O Sport está classificado na Copa Sul-Americana. Na noite desta quinta-feira, a equipe entrou em campo na Argentina para encarar o Arsenal, de Sarandí, e, apesar da derrota por 2 a 1, confirmou a vaga. André fez o gol dos brasileiros. Antes, Brunetta e Contreras marcaram para os donos da casa.
Com a classificação do time de Vanderlei Luxemburgo, o País mantém 100% de aproveitamento na segunda fase da competição. Antes do Leão, Ponte Preta, Fluminense, Corinthians e Chapecoense haviam garantido vaga na próxima etapa.
Nas oitavas da Sul-Americana, o Sport fará confronto brasileiro contra a Macaca, que eliminou o Sol de América, do Paraguai. As partidas ainda não têm data definida. O que se sabe é que os campineiros farão a primeira partida em casa.
O jogo – Precisando da vitória com boa margem, os mandantes foram ao ataque desde o início. Porém, forçando muito as bolas longas, os argentinos não conseguiram grandes chances na primeira metade da etapa inicial.
Em jogo pegado, com três amarelos até os 30 minutos, nenhum dos times conseguia de fato assustar a defesa rival. Aos 34, em chute de longe, Milo foi o primeiro a chegar perto de balançar a rede para o Arsenal.
Quando parecia que iria ao intervalo segurando o 0 a 0, o Sport levou o gol. Aos 43, em bate-rebate na área do Leão, Brunetta foi o último a tocar na bola, fuzilando sem chances para Magrão. O tento levou os anfitriões aos vestiários com a confiança mais alta.
O segundo tempo estava em ritmo morno e o Rubro-Negro parecia conseguir segurar o ímpeto dos mandantes. Tudo mudou aos 19 quando, de cabeça, Contreras, que havia entrado no minuto anterior, fez o segundo gol, deixando o confronto agregado empatado.

Após perder a vantagem no duelo, os comandados de Luxemburgo parecem ter acordado. Aos 24, Diego Souza finalizou rasteiro, mas acabou parado por boa defesa de Santillo, que espalmou.
Oito minutos depois, Thomás arriscou de longe, o goleiro rebateu e André colocou nas redes. Porém, corretamente, o assistente anotou impedimento do atacante dos pernambucanos, mantendo o 2 a 0 no placar.
Aos 37, veio o gol do Leão. Em jogada pela direita, Diego Souza levou ao fundo e rolou para André. Desta vez em condição legal, o centroavante finalizou de primeira, sem dar chances para Santillo: 2 a 1, obrigando o Arsenal a fazer mais dois tentos.
No fim, com os donos da casa no desespero, o Sport quase empatou. Aos 42, Rogério invadiu a área em velocidade e arrematou. A bola passou perto da trave direita e saiu. Dois minutos depois, Brunetta teve a melhor chance de fazer o terceiro e reanimar a torcida, mas sua cabeçada não entrou, no último lance de perigo do duelo.
FICHA TÉCNICA
ARSENAL-ARG 2 x 1 SPORT

Local: Estádio Julio Humberto Grondona, em Sarandí (Argentina)
Data: 27 de julho de 2017, quinta-feira
Horário: 19h15 (de Brasília)
Árbitro: Jesus Balenzuela (VEN)
Assistentes: Carlos Lopez (VEN) e Franchescoly Chacon (VEN)
Público: 
Renda: 

Cartões amarelos:
 Velazquez, Curado, Wilchez (Arsenal-ARG), Samuel Xavier (Sport)
Cartão vermelho: 
Gols: 
ARSENAL-ARG: Brunetta, aos 43 minutos do primeiro tempo; Contreras, aos 19 minutos do segundo tempo
SPORT: André, aos 37 minutos do segundo tempo
ARSENAL-ARG: Santillo; Velazquez (Bella), Curado, Monteseirín e Corvalán; Rolón (Contreras), Ferreyra, Papa e Milo (Fragapane); Wilchez e Brunetta
Técnico: Humberto Grondona
SPORT: Magrão; Samuel Xavier (Raul Prata), Henríquez, Durval e Mena; Rithely e Patrick; Everton Felipe (Thomás), Diego Souza e Lenis (Rogério); André
Técnico: 
Vanderlei Luxemburgo

Fonte: Gazeta Esportiva

Sobre montieur monteiro

«
Próximo
Postagem mais recente
»
Anterior
Postagem mais antiga

Nenhum comentário:

Poste um Comentário

Recomendados Para Você