Slider[Style1]

Style10

impostometro de Petrolina

Style3[OneLeft]

Style3[OneRight]

Publicidade

Style4

Style2

Style6

Style5[ImagesOnly]

Membros de forças iraquianas passam em frente a mesquita destruída pelo Estado Islâmico em Mossul, no Iraque (Foto: AHMAD AL-RUBAYE / AFP)


Dezenas de jihadistas do Estado Islâmico foram detidos nas últimas horas pelas forças iraquianas quando tentavam escapar de Mossul misturados entre os civis.

"Dezenas de terroristas deixaram as armas e tentaram fugir infiltrados entre os deslocados", afirmou o comandante da Polícia Federal, Raide Shaker Yaudat, em comunicado. O número de presos não foi divulgado.

A vida secreta no Estado Islâmico revelada por fotos em cartão de memória

As forças iraquianas têm revistado pessoas que deixam a cidade, e a ONG Human Rights Watch denunciou há dois dias que os militares cometem "abusos e execuções" destas pessoas que fogem, com base nos testemunhos dos moradores.

Os extremistas tentaram se camuflar entre os civis que fugiam do centro antigo de Mossul, cidade que era o último reduto do grupo terrorista no Iraque, mas foi retomada recentemente pelas forças iraquianas após três anos.

'Califado' no Iraque e na Síria

A retomada de Mossul representa o fim da metade iraquiana do "califado". Foi na cidade que o líder do Estado Islâmico, Abu Bakr al-Baghdadi, proclamou em 2014 o Estado Islâmico em parte do Iraque e da Síria, em um discurso na Grande Mesquita de Al-Nuri, na Cidade Velha.

O vídeo no qual Al-Baghdadi se declarou "califa" (líder de todos os muçulmanos) vestido com mantos clericais negros, do púlpito da mesquita de Al-Nuri, é sua última imagem pública. Antes de perder o controle sobre o centro antigo, os extremistas destruíram a mesquita.

Recentemente, a Rússia afirmou que um ataque aéreo do país pode ter matado al-Baghdadi no dia 28 de maio em Raqqa, cidade síria que é o principal reduto do grupo terrorista no país vizinho ao Iraque. Informações da Agencia EFE / G1.




Sobre montieur monteiro

«
Próximo
Postagem mais recente
»
Anterior
Postagem mais antiga

Nenhum comentário:

Poste um Comentário

Recomendados Para Você