Slider[Style1]

Style10

impostometro de Petrolina

Style3[OneLeft]

Style3[OneRight]

Publicidade

Style4

Style2

Style6

Style5[ImagesOnly]

A amizade entre eles começou na infância. (Foto: Kleber Mel / Arquivo Pessoal)


Um grupo de amigos se reuniu, em Petrolina, no Sertão de Pernambuco, por uma causa nobre: ajudar uma amiga de infância a custear o tratamento contra um tipo raro de câncer. Para arrecadar fundos, eles organizaram a feijoada beneficente ‘Somos Todos Celiane’, que será realizada neste domingo (20), a partir das 12h, na Associação de Moradores do bairro Areia Branca, Zona Leste da cidade.

A Feijoada contará com apresentações musicais de artistas da região e a entrada custa apenas R$ 10.

Celiane Araújo tem 41 anos, é professora e sempre morou em Petrolina. Ela foi diagnosticada com câncer linfático na mama no final do ano passado. Até o momento, Celiane realizou dez sessões de quimioterapia para tratar a doença, e agora terá que passar por um autotransplante, método que consiste na utilização das próprias células-tronco.

Amigo de infância de Celiane, Kleber Mel se juntou a outros amigos em comum com o intuito de arrecadar dinheiro para auxiliar nas despesas do tratamento. A ideia surgiu quando ela foi diagnosticada com câncer. “Temos um grupo no Whatsapp com mais de 80 pessoas. Alguns são amigos da escola, da faculdade e outros são conhecidos, que estão contribuindo com o material para a ‘Feijoada Beneficente’”, disse.

Com os recursos do plano de saúde, Celiane tem acesso a uma parte do tratamento contra o câncer, mas ainda tem despesas com exames não autorizados. Além do gasto com a estadia em um hospital particular do Recife, na capital pernambucana, onde fará a cirurgia de autotransplante.

“Ela mora em Petrolina e terá que ficar 30 dias internada em um hospital de Recife, com acompanhante, e terá gastos com hospedagem e alimentação”, explicou Kleber Mel, lembrando que a amiga vai precisar retornar ao hospital a cada quatro meses para acompanhamento médico.

Câncer raro

O linfoma da mama é um tipo raro de câncer linfático, que prejudica o sistema linfático, principal sistema de defesa do organismo. O câncer linfático ou linfoma provoca o desenvolvimento excessivo dos linfócitos, que são as células de defesa do corpo. Ao mesmo tempo em que atua como mecanismo de defesa, é também um canal de entrada para alguns tipos de câncer, inclusive o da mama.

Doações

Para facilitar a arrecadação de fundos, os amigos disponibilizaram uma conta bancária para qualquer pessoa que queira contribuir financeiramente para o tratamento de Celiane:

Caixa Econômica Federal:

Ag: 0812/ Operação: 013
Conta poupança: 00140472-1



Fonte: G1 Petrolina

Sobre Petrolina News

«
Próximo
Postagem mais recente
»
Anterior
Postagem mais antiga

Nenhum comentário:

Poste um Comentário

Recomendados Para Você