Slider[Style1]

Style10

impostometro de Petrolina

Style3[OneLeft]

Style3[OneRight]

Publicidade

Style4

Style2

Style6

Style5[ImagesOnly]

Adailton perdeu a mãe, a irmã e um sobrinho no acidente (Foto: Reprodução/TV Bahia)



Um morador da Ilha de Itaparica, na região metropolitana de Salvador, perdeu a mãe, a irmã e um sobrinho de dois anos no naufrágio ocorrido na manhã desta quinta-feira (24), na Bahia de Todos os Santos. Ao menos 18 pessoas morreram no acidente.

Adailton Queiroz contou que estava no trabalho, quando recebeu a informação do acidente. "Uma situação que eu nunca esperava passar, mas infelizmente são coisas que acontecem na vida, que a gente não espera", disse.

Emocionado, o homem se disse sem palavras. "É pedir força a Deus para a gente aguentar esse 'baque'. A gente não tem nem o que falar numa situação dessa. É muito difícil. Minha mãe sempre viaja de lancha, mas a gente nunca esperava passar por uma situação dessa”, falou.

A mãe de Adailton, Dulcelina Machado dos Santos, de 58 anos, a irmã Dulciana dos Santos Queiroz, de 38, e o sobrinho Darlan, de 2 anos, constam na lista divulgada no fim da tarde pela Secretaria de Segurança Pública, com os nomes de 11 vítimas que foram identificadas. Os corpos dos familares de Adailton foram encaminhados para Departamento de Polícia Técnica de Santo Antônio de Jesus, que fica a cerca de 80 quilômetros da Ilha de Itaparica.



José perdeu a esposa na tragédia da Baía de Todos-os-Santos (Foto: Reprodução/TV Bahia)

Outro pessoa que recebeu a notícia de que um familiar tinha morrido no acidente foi um homem identificado pelo prenome José. Pela manhã, ele procurava a esposa, que estava embarcação. Por volta das 12h, ele havia dito que estava sem notícias e que desde a manhã estava tentando achar a esposa..

Pela tarde, ele recebeu a notícia de que a esposa havia morrido. Muito emocionado, ele confirmou a morte da companheira.“Faleceu. Estava no Nina [Nina Rodrigues, nome do Instituto Médico Legal de Salvador]. A afilhada dela disse. Me disse agora. Ela tinha ido fazer uma revisão de olho no Hospital das Clínicas. Embarcou na lancha de 6h30", falou José. As informações são do G1 BA.

Sobre Petrolina News

«
Próximo
Postagem mais recente
»
Anterior
Postagem mais antiga

Nenhum comentário:

Poste um Comentário

Recomendados Para Você