Slider[Style1]

Style10

impostometro de Petrolina

Style3[OneLeft]

Style3[OneRight]

Publicidade

Style4

Style2

Style6

Style5[ImagesOnly]

Corpo do ex-PM aguarda liberação na manhã desta quinta (24), no IML do Recife (Foto: Camila Torres/TV Globo)


Ex-policial militar Bruno Alves Ferreira da Silva, baleado em um tiroteio com um sargento da PM e o irmão deste, morreu após dar entrada no Hospital São Marcos, na região central do Recife. A morte, ocorrida na tarde de quarta-feira (23), foi confirmada pela unidade de saúde nesta quinta-feira (24).

Segundo o boletim, Bruno Alves deu entrada na unidade com múltiplos ferimentos causados por arma de fogo, de extrema gravidade. O corpo do ex-PM se encontra no Instituto de Medicina Legal (IML), no bairro de Santo Amaro, região central do Recife, na manhã desta quinta.

O tiroteio aconteceu na tarde de quarta-feira (23), no bairro do Paissandu, na área central do Recife. De acordo com a Polícia Militar, o caso aconteceu por volta das 14h. Segundo a corporação, o ex-PM chegou à comunidade do Caranguejo e atirou no irmão de um sargento da polícia. Em defesa do parente, o militar trocou tiros com o homem excluído da corporação. O motivo do tiroteio não foi informado pela Polícia Militar.

O irmão do sargento foi encaminhado à Unidade de Pronto Atendimento (UPA) dos Torrões, na Zona Oeste do Recife. A reportagem não conseguiu contato com o local para obter informações sobre o estado de saúde da vítima.

O sargento, por sua vez, seguiu para o Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), no bairro do Cordeiro, na Zona Oeste do Recife, para prestar esclarecimentos. A delegada Euricélia Nogueira, responsável pela investigação do caso, ouviu o envolvido, mas, até a hora da publicação desta matéria, não havia comentado o caso com a imprensa. As informações são do G1 PE.

Sobre Petrolina News

«
Próximo
Postagem mais recente
»
Anterior
Postagem mais antiga

Nenhum comentário:

Poste um Comentário

Recomendados Para Você