Slider[Style1]

Style10

impostometro de Petrolina

Style3[OneLeft]

Style3[OneRight]

Publicidade

Style4

Style2

Style6

Style5[ImagesOnly]

Ex-companheiro da vítima confessou o crime (Foto: Divulgação/SSP-BA)



Uma jovem de 21 anos foi morta a pauladas, no último domingo (27), na cidade de Jaguarari, norte da Bahia. O ex-companheiro de Graciela de Souza Dias foi preso horas após o crime e confessou ter matado a jovem por não se conformar com o fim do relacionamento.

Em nota, a Polícia Civil informou que por volta das 2h da manhã de domingo, tomou conhecimento que havia acontecido um homicídio na Rua do Campo. Policiais foram ao local e constataram o fato. Segundo Felipe Néri da Silva Neto, coordenador regional de Polícia Ciivil de Senhor do Bonfim, a 25 quilômetros de Jaguarari, e para quem a delegacia de Jaguarari responde, o suspeito utilizou um pedaço de madeira para atacar a vítima.

Durante as investigações, foi descoberto que havia uma testemunha ocular do fato. Em depoimento, a testemunha identificada pelo prenome Erick negou que o autor fosse o ex-companheiro da vítima.

Ainda segundo a Polícia Civil, as investigações continuaram e uma outra testemunha foi identificada. Essa testemunha declarou ter ouvido a vítima afirmar, poucas horas antes de ser morta, que seu ex-companheiro, de nome João Bonfim da Silva, 42 anos, estava nas proximidades de sua residência e que temia por sua vida, pois, o mesmo não se conformava com o fim do relacionamento.

Com a informação, diligências foram realizadas necessárias e o suspeito foi detido. Em depoimento, ele confessou a autoria do crime. João foi apresentado na delegacia de Senhor do Bonfim, onde foi lavrado o auto de prisão em flagrante. Na manhã desta segunda-feira (28), o suspeito ainda permanecia na carceragem da delegacia, a disposição da Justiça. As informações são do G1 BA.

Sobre Petrolina News

«
Próximo
Postagem mais recente
»
Anterior
Postagem mais antiga

Nenhum comentário:

Poste um Comentário

Recomendados Para Você