Slider[Style1]

Style10

impostometro de Petrolina

Style3[OneLeft]

Style3[OneRight]

Publicidade

Style4

Style2

Style6

Style5[ImagesOnly]

Polícia apreendeu duas armas de fogo e drogas com o trio preso (Foto: Polícia Militar/Divulgação)


Três suspeitos de envolvimento no tiroteio que resultou na morte de uma menina de dois anos de idade no Ibura, na Zona Sul do Recife, foram presos nesta sexta-feira (4). Com o trio, a polícia apreendeu duas armas de fogo, sendo uma calibre 38 e outra calibre 32; 28 munições e um quilo de maconha prensada em barra, além de 28 papelotes da droga.

De acordo com a Secretaria de Defesa Social de Pernambuco (SDS-PE), um dos homens capturados já havia sido preso em 2016 pelo crime de roubo. O tiroteio que vitimou a criança ocorreu na tarde desta sexta (4), quando policiais militares do 19º Batalhão da Polícia Militar estavam na UR10, Cohab, no bairro do Ibura, cumprindo mandado de prisão.

“Ao visualizar quatro homens em atitude suspeita e dar ordem parada, dois fugiram e atiraram contra o policiamento, atingindo uma criança de dois anos. Os policiais, imediatamente, levaram a menina para a UPA de Lagoa Encantada, mas ela não resistiu. Equipes do Batalhão continuaram em diligências e prenderam três suspeitos”, explica a pasta na nota.

Investigação

Os primeiros procedimentos no local do crime foram feitos pelo delegado Paulo Furtado, que estava de plantão na Força-tarefa de Combate a Homicídios no momento da ocorrência. Segundo a SDS-PE, as armas dos policiais também foram apreendidas para realização de exames periciais. E o corpo da criança foi submetido aos exames periciais e liberado, pelo Instituto de Medicina Legal (IML), para a família.

Depois das diligências iniciais, a investigação fica a cargo do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), da Polícia Civil, sob a responsabilidade do delegado Francisco Océlio. Ainda na nota, a SDS-PE reforçou que “está trabalhando de forma intensa e integrada, por meio de suas operativas, para elucidar rapidamente o caso”.

Entenda o caso

A menina baleada chegou a ser socorrida por uma viatura da Polícia Militar (PM) até a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Lagoa Encantada, localizada no Ibura, mas não resistiu aos ferimentos e faleceu antes de dar entrada na unidade de saúde. Devido à morte da criança, um grupo de pessoas fez um protesto no quilômetro 78 na BR-101, na tarde desta sexta (4).

Segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF), a vítima foi atingida durante um tiroteio entre policiais e suspeitos de tráfico de drogas no Ibura. Durante a manifestação, o grupo queimou entulhos e pneus na rodovia, impedindo a passagem de veículos. Interditado às 14h40, o trecho foi liberado pouco depois das 17h. As informações são do G1 PE.

Sobre montieur monteiro

«
Próximo
Postagem mais recente
»
Anterior
Postagem mais antiga

Nenhum comentário:

Poste um Comentário

Recomendados Para Você