Slider[Style1]

Style10

impostometro de Petrolina

Style3[OneLeft]

Style3[OneRight]

Publicidade

Style4

Style2

Style6

Style5[ImagesOnly]

(Foto: Ailton Cruz/Gazeta de Alagoas)


Nesta segunda-feira (4 de setembro), mesma data em que o CSA conquistava o acesso à Série C do Brasileiro, no ano passado, o Azulão se despediu da sua torcida, nesta primeira fase da competição, jogando em casa, o Estádio Rei Pelé, e venceu o Salgueiro, por 2x0, em jogo disputado à noite. O duelo fechou a 17ª rodada da Série C.

Este resultado faz com que o Azulão volte a encostar no líder do grupo A, Sampaio Corrêa, que está com 32 pontos. O CSA chega aos 31.

Os gols do time azulino foram marcados por Michel e Thales, no 1o tempo. E com este resultado, o Azulão segue na 2ª posição, com 31 pontos. Isso significa que ele vai decidir a fase do mata-mata (2º jogo) em casa, jogando no Rei Pelé. Na rodada final desta primeira fase da competição, o CSA vai até Cuiabá, enfrentar o Cuiabá, na Arena Pantanal, às 19h30 do próximo sábado. E o Salgueiro pega o Remo, em casa, no Cornélio de Barros, nesse mesmo horário.

Vitória construída no 1º tempo

O CSA começou o jogo se impondo. E o primeiro bom momento de finalização em direção ao gol foi de Marcos Antônio, mas a bola acabou batendo na zaga do adversário.

O Azulão era bem melhor em campo, tomava conta do jogo e estava bem tranquilo, enquanto o Salgueiro trocava passes no campo de ataque, mas não levava perigo algum para o goleiro azulino Mota.

E não demorou muito para sair o gol do Azulão. Foi aos 17 minutos da etapa inicial. Após cruzamento de Edinho na área, Michel subiu mais alto do que todo mundo, cabeceou e guardou no fundo da rede: 1x0. Detalhe: esse foi o quinto gol de Michel na Série C. Ele é o artilheiro do CSA. E por causa da comemoração, tirando a camisa, Michel foi premiado com o cartão amarelo, o terceiro dele e vai desfalcar o Azulão contra o Cuiabá, no próximo sábado.

O Salgueiro acordou depois que levou o gol, passou a exercer mais pressão e respondeu aos 19 minutos, quase chegando ao empate, quando o lateral-direito Toty chutou forte, exigindo grande defesa do goleiro Mota.

Mas apesar de o Carcará ter passado a pressionar e a ir mais para o ataque, foi o Azulão quem marcou, aos 30 minutos. Numa lambança da zaga do Salgueiro, o zagueiro Thalles invadiu a área e só fez desviar a bola, na saída do goleiro Mondragon: 2x0.


O Salgueiro, que estava mais animado e tentava buscar o empate, acabou sentindo o segundo gol do CSA. Mesmo assim, aos 33 minutos, o time pernambucano assustou quando Moreilândia acertou de cabeça e o goleiro Mota fez uma boa defesa. Mas o CSA estava tranquilo e só tocava a bola, administrando a vantagem construída no 1o tempo. E na descida para os vestiários, a torcida azulina aplaudiu o time.

Vitória administrada no 2º tempo

No segundo tempo, com a vantagem no placar, o CSA se retraiu mais e com isso o Salgueiro passou a ter mais espaços, sendo mais ofensivo. Aos 12 minutos, volante Rodolfo cobrou falta para o Carcará, em momento de perigo contra o gol azulino, mas a bola explodiu na barreira. Aos 13 minutos, novamente o Salgueiro. Da intermediária, o atacante Jean arriscou e a bola passou perto da trave direita do CSA.

Aos 18 minutos foi a vez de o CSA responder em seu primeiro bom momento na etapa final. Michel trocou passes com Edinho e chutou a bola rasteira, mas a viu passar bem perto da trave direita de Mondragon.

Com a entrada de Didira no lugar de Daniel Costa, o CSA tentou se reorganizar no meio campo, a fim de administrar bem o jogo e segurar o placar.

Aos 30 minutos, o CSA teve um outro ótimo momento, mas desperdiçou. Edinho ficou sozinho, cara a cara com Mondragon, mas mandou a bola por cima e ela bateu no travessão. Aos 31 minutos, quase veio o gol do Salgueiro. A zaga azulina falhou e Cássio finalizou para Mota fazer a defesa com os pés.

Aos 45 minutos, em cobrança de escanteio para o Salgueiro, Dadá cabeceou na trave esquerda do CSA. E já nos acréscimos (47), o Salgueiro teve outro bom momento, quando mandou mais uma bola na trave do CSA, após finalização do atacante Jean e o goleiro Mota defender parcialmente. As informações são de Fernanda Medeiros / gazetaweb.

Sobre Petrolina News

«
Próximo
Postagem mais recente
»
Anterior
Postagem mais antiga

Nenhum comentário:

Poste um Comentário

Recomendados Para Você