Slider[Style1]

Style10

impostometro de Petrolina

Style3[OneLeft]

Style3[OneRight]

Style4

Style2

Style6

Style5[ImagesOnly]

Dinheiro, máscaras e facas foram apreenndidos na ação policial (Foto: Divulgação/Polícia Civil)


Homem apontado como responsável pelo gerenciamento do tráfico de drogas em uma comunidade do bairro de Santo Amaro, na área central do Recife, foi preso em uma ação da Polícia Civil de Pernambuco. Com ele, os agentes apreenderam R$ 52.900 em dinheiro, armas e mais de 40 quilos de droga. Os agentes também capturaram um taxista, suspeito de dar cobertura ao grupo e executar o transporte de entorpecentes.

Entre o material apreendido estava um tablete de cocaína em uma embalagem inusitada: uma foto de uma tampa de um refrigerante do tipo light e uma frase em espanhol informando que se tratava de 'producto de exportación 2017’. Em letras pequenas na parte superior está escrito: ‘100% reducida en calorias’. Do lado direito, na parte inferior, há letras que parecem códigos.

O grupo atuava na comunidade conhecida como 'Demônios da Ilha'. Com o líder do grupo, a policia encontrou, ao todo, 40 quilos de maconha, um quilo de cocaína em pó e um quilo de crack.

“Localizamos também um caderno com anotações. Há nomes e quantias de drogas. Vamos investigar essa relação e mais prisões podem acontecer",afirmou o delegado João Leonardo, coordenador da Força–Tarefa de Homicídios do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP).

De acordo com a Polícia Civil, a prisão do gerente de tráfico e do taxista aconteceu na sexta-feira (22), em Ouro Preto, em Olinda, no Grande Recife. O homem apontado como responsável pela coordenação da quadrilha estava se preparando para fazer a mudança de residência.

O policial contou com detalhes, durante entrevista coletiva nesta segunda-feira (25), como ocorreu a apresnsão do material. “O líder e o taxista estavam saindo da comunidade de uma rua e os agentes chegaram. Eles estavam com o dinheiro, dois revólveres e uma pistola, além de uma pequena quantidade de drogas”, comentou.

Em seguida, os policiais foram até a casa do ‘gerente’ e fizeram novas descobertas no automóvel. “No carro havia uma mala de viagem com as drogas”, acrescneotu João Leonardo.

Na delegacia, os policiais contabilizaram a apressnão: seis facas, 16 másacaras do tipo balaclava, três balanças de precisão, além de material utilizado na embalar a droga. Foram recolhidos, ainda, dois veículos e munição de vários calibres.


Revólveres, pistola e munição estavam com suspeitos presos durante ação policial no Grande Recife (Foto: Polícia Civil/Ascom/Divulgação)

A prisão do gerente do taxista foi efetuada depois da captura de outros dois homens. Essa ação ocrreu na quarta-feira (13). “Pegamos R$ 5 mil e drogas e chegamos aos nomes dos outros dois suspeitros”, comentou Leonardo.

Os líder e o taxista vão responder por tráfico, associação para o tráfcio e porte ilegal de armas. Os dois homens detidos na primeira foram indiciados pelos dois primeiros crimes.


Para o gestor do DHPP, Ivaldo Pereira, a operação em santo Amaro seá importante para a redução do número de homiícios. Ele justifica que o tráfico está ligado a grande parte dos crimes contra a vida.

“Em março, tivemos 96 assasinatos no Recife. Em agosto, foram 48. Estamos identificando essas quadriçhas e atuando para evitar mais mortes”, acrescentou. As informações são do G1 PE.

Sobre Petrolina News

«
Próximo
Postagem mais recente
»
Anterior
Postagem mais antiga

Nenhum comentário:

Poste um Comentário

Recomendados Para Você