Slider[Style1]

Style10

impostometro de Petrolina

Style3[OneLeft]

Style3[OneRight]

Publicidade

Style4

Style2

Style6

Style5[ImagesOnly]



Primeiro município pernambucano a aderir ao INSS Digital, Petrolina vai dar celeridade aos processos ligados à seguridade social. Em um evento realizado na manhã desta quarta-feira (27), o prefeito Miguel Coelho, assinou um termo de cooperação técnica ampliando os serviços disponíveis na Casa Bolsa.

Através da parceria com o INSS, a prefeitura implanta um novo modelo de atendimento na cidade reduzindo o tempo de espera das pessoas que desejam solicitar o Benefício de Prestação Continuada (BPC). Para dar entrada no BPC, os cidadãos precisam ir até a Casa Bolsa ou CRAS, atualizar seu Cadastro Único (Cadúnico) e só depois solicitar o benefício junto ao INSS, mas em breve, essa dupla viagem será extinta já que o BPC poderá ser solicitado diretamente na Casa Bolsa.

“A Casa Bolsa é um projeto pioneiro que deu muito certo, já batemos a meta de mais de 30 mil atendimentos e essa parceria com o INSS vai melhorar ainda mais os serviços. Atualmente, os cidadãos precisam esperar cerca de 40 dias por um atendimento no INSS, mas essa parceria vai reduzir todo este tempo de espera e estas viagens que geram custos e desgaste ao petrolinense que em breve poderá resolver as pendências de uma só vez”, ressaltou Miguel Coelho.




O gerente executivo do INSS Petrolina, Thalys Eliel Gomes, também afirmou que a grande vantagem da parceria é a redução do tempo de espera. “Através desta parceria com a prefeitura, as pessoas terão menos deslocamento, menos trabalho, além disso, também vamos facilitar o acesso dos petrolinenses aos benefícios, poder reconhecer mais direitos e isso se remete de forma positiva para todo o município porque movimenta a economia local”, explicou o gerente.

De acordo com a secretária de Desenvolvimento Social e Direitos Humanos de Petrolina, Kátia Carvalho, os servidores da Casa Bolsa passarão por treinamento e a expectativa é que os serviços do INSS Digital estejam disponíveis à população em até 30 dias.



Fotos: Ivaldo Regis / Magnólia Costa: Assessora de Comunicação

Sobre Petrolina News

«
Próximo
Postagem mais recente
»
Anterior
Postagem mais antiga

Nenhum comentário:

Poste um Comentário

Recomendados Para Você