Slider[Style1]

Style10

impostometro de Petrolina

Style3[OneLeft]

Style3[OneRight]

Style4

Style2

Style6

Style5[ImagesOnly]

(Reprodução/Noticias ao Minuto / Foto: George Frey/Reuters)


Em Las Vegas, nos Estados Unidos, um fuzil pode ser adquirido legalmente por cerca de 450 dólares, ou R$ 1.418. Ou seja, é mais barato comprar uma arma do que um celular, pois o novo iPhone 8 Plus custa 799 dólares (R$ 2.520) no país. Se a opção for por uma pistola, a diferença é ainda maior, pois o modelo é vendido por apenas 350 dólares (R$ 1.102). Mesmo depois da chacina que matou mais de 50 pessoas e deixou centenas de feridos no último domingo (1º), o movimento nas lojas que vendem armamentos continua normal.

"O que podemos fazer? Seria o mesmo que proibir a venda de caminhões e carros na Europa depois dos ataques terroristas que ocorreram lá. Não podemos mudar a nossa cultura por causa de uma fatalidade. Isso nunca tinha ocorrido aqui antes", disse ao "Globo" um comprador de munição de uma das lojas de Las Vegas, na manhã dessa quarta-feira (3). Ele não quis se identificar.

A reportagem cita que residentes da cidade podem adquirir uma arma com facilidade, eles saem legalmente armados no mesmo dia em que a negociação é iniciada. Para estrangeiros, a aquisição não é tão simples. Contudo, muitas lojas têm estandes de tiros, onde até crianças a partir de 10 anos podem praticar.

Segundo um levantamento da ONG " Every Town for Gun Safety", que atua contra a violência armada, só em Nevada, Estado que possui três milhões de habitantes, há 515 lojas que vendem armas e munições.

O estudo indica também que, de 2006 a 2016, 1.036 pessoas foram assassinadas no Estado com armas de fogo. Além disso, 55% dos 2.795 suicídios do período foram realizados com revólveres, pistolas e fuzis. As informações são do Noticias ao Minuto.

Sobre Petrolina News

«
Próximo
Postagem mais recente
»
Anterior
Postagem mais antiga

Nenhum comentário:

Poste um Comentário

Recomendados Para Você