Slider[Style1]

Style10

impostometro de Petrolina

Style3[OneLeft]

Style3[OneRight]

Publicidade

Style4

Style2

Style6

Style5[ImagesOnly]



De janeiro a 18 de outubro deste ano foram cadastradas como doadores de medula óssea em Petrolina, no Sertão de Pernambuco 805 pessoas. Estes cadastros vão para o Registro Nacional de Doadores Voluntários de Medula Óssea (Redome), que é coordenado pelo Instituto Nacional de Câncer (Inca). Eles contribuem para que o Brasil seja o terceiro maior do mundo em número de doadores de medula óssea, atualmente com mais de 4 milhões de pessoas. Um número alto, mas que infelizmente ainda é insuficiente para ajudar os pacientes que precisam de um transplante.

Segundo a assistente social do Hemocentro em Petrolina (Hemope), Cássia Menezes, o grande problema é encontrar um doador compatível. “Cada um tem a sua genética. Por exemplo, a probabilidade de irmãos, sendo do mesmo pai e da mesma mãe, é só de 25% de ser compatível. É difícil encontrar. Então, quanto mais doadores cadastrados, maior a chance de ter doadores compatíveis”, disse a assistente social.

A primeira atitude para mudar a dificuldade é fazer o cadastro. Em Petrolina os interessados podem procurar o Hemope, que fica no Centro da cidade. “O primeiro passo é o cadastro com a coleta de sangue para fazer o estudo genético da pessoa. Uma vez encontrando a compatibilidade, o doador é chamado pelo Redoma e é feita uma segunda coleta de amostra de sangue para certificar a compatibilidade”, explica Cássia Menezes.

Podem fazer o cadastro para ser doador de medula óssea pessoas com idades entre 18 e 55 anos, que não tenha doença infectocontagiosa ou incapacitante, a exemplo de HIV, hepatites e alguns tipos de cânceres. A documentação necessária para fazer o cadastro é o RG, CPF e Cartão SUS, se tiver. O cadastro é feito de segunda a sexta-feira, das 7h30 às 11h30.

Em Pernambuco, os transplantes de medula são feitos apenas na capital, Recife. “Lá o doador é recebido por uma equipe multiprofissional. O médico pede alguns exames complementares para ver a saúde do doador. Se tiver tudo certo, está apto”, disse Cássia.

Serviço:

Hemope fica localizado na Rua Pacífico da Luz - Centro, Petrolina - PE

Telefone: (87) 3866 6605

Horário de atendimento:7h30 às 11h30.



Fonte: G1 Petrolina

Sobre Petrolina News

«
Próximo
Postagem mais recente
»
Anterior
Postagem mais antiga

Nenhum comentário:

Poste um Comentário

Recomendados Para Você