Slider[Style1]

Style10

impostometro de Petrolina

Style3[OneLeft]

Style3[OneRight]

Publicidade

Style4

Style2

Style6

Style5[ImagesOnly]

(Foto: Aluísio Moreira/SEI/Divulgação)



O governo de Pernambuco lançou, nesta segunda-feira (30), o Programa de Acesso ao Ensino Superior (PE no Campus), que busca incentivar os estudantes da rede estadual de ensino a ingressarem em universidades públicas. O lançamento ocorreu na Escola de Referência em Ensino Médio Ginásio Pernambucano, no bairro de Santo Amaro, região central do Recife.

O programa foi desenvolvido a partir de um levantamento feito pela própria administração estadual, que constatou que menos de 50% dos alunos da rede pública se inscreviam para provas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) e do Sistema Seriado de Avaliação (SSA) da Universidade de Pernambuco (UPE). Com o PE no Campus, os mil alunos com melhores notas nesses processos seletivos terão apoio financeiro nos dois primeiros anos da universidade.

Para os estudantes com melhor desempenho no Enem, são R$ 950 mensais. Já para os alunos com notas de destaque no SSA, o apoio é de R$ 400 por mês.

Para ter direito ao benefício, é preciso ter concluído o ensino médio há no máximo cinco anos, vir de família que seja atendida pelo Bolsa Família ou com renda menor do que dois salários mínimos e morar em cidades a mais de 50 km da universidade.

Há, ainda, 200 bolsas de iniciação científica, de R$ 400, oferecidas pela Fundação de Amparo à Ciência e Tecnologia do Estado de Pernambuco (Facepe) para os estudantes que ingressaram em universidades públicas. Com a iniciativa, o governo busca, além de incentivar o ingresso na universidade, o abandono do ensino superior durante a graduação. As informações são do G1 PE.

Sobre Petrolina News

«
Próximo
Postagem mais recente
»
Anterior
Postagem mais antiga

Nenhum comentário:

Poste um Comentário

Recomendados Para Você