Slider[Style1]

Style10

impostometro de Petrolina

Style3[OneLeft]

Style3[OneRight]

Style4

Style2

Style6

Style5[ImagesOnly]

(Foto: Williams Aguiar/Sport)


O Sport segue somando pontos na briga contra o rebaixamento à Série B do Campeonato Brasileiro. Neste domingo, a equipe recebeu a visita do Bahia e, após muito martelar, venceu pelo placar de 1 a 0 – após quase quatro meses sem vencer no Brasileirão.
O único gol da partida foi marcado por Marquinhos, após passe de André. O Leão da Ilha não fez uma partida impecável, e perdeu muitas chances claras de gol. Diego Souza, principal nome do time, não esteve em seu melhor jogo. Pelo lado do Bahia, a equipe entrou com o pensamento na vaga para a Libertadores e pouco produziu.
Com o resultado, o Sport chegou a 39 pontos e igualou a Ponte Preta em número de pontos, mas o clube paulista ainda entra em campo nesta segunda. Com duas rodadas para o fim da competição, o Leão ocupa a 18ª colocação e enfrenta Fluminense e Corinthians. Já o Bahia, com 49 pontos, desceu para a décima posição e vê o sonho de ir à Libertadores cada vez mais longe. O Tricolor tem pela frente Chapecoense e São Paulo.
Sport pressiona no primeiro tempo – Apoiado por sua torcida, o Sport entrou em campo com uma postura ofensiva e buscando o primeiro gol do jogo a todo momento. Apesar de encontrar muitos espaços, a equipe pecava nas finalizações e apresentou um aproveitamento muito abaixo do ideal.
Logo no início de jogo, o Leão da Ilha pressionou com Diego Souza, que perdeu gol incrível. Após o Sport recuperar a bola na saída de jogo do Bahia, André ajeitou para o camisa 87, que dominou no peito e bateu firme, mas mandou por cima do gol defendido por Jean.
O Bahia apostava suas fichas nos contra-ataques, com a velocidade de Mendoza e Junio. No entanto, não conseguiu incomodar o goleiro Magrão, apenas em cobrança de bola parada. Com o Tricolor tímido em campo, o Sport avançou ao ataque. Responsável pelas finalizações da equipe, Diego Souza novamente perdeu uma boa chance de fazer gol, ao chutar para fora.

Se Diego Souza e André não estavam com a mira calibrada, coube a Marquinhos abrir o placar. Após cobrança de lateral, Diego Souza deu um leve desviou para a área. André fez o pivô e ajeitou a bola para Marquinhos, que chegou batendo e abriu o placar: 1 a 0.
Bahia luta, mas não marca – Com o revés sofrido, o Bahia voltou para o segundo tempo em busca do gol de empate. O time do Nordeste passou a ter mais posse de bola, mas não construía grandes jogadas ofensivas. A solução, então, foi a bola parada.
O goleiro Jean cobrou falta perto da meia-lua e viu a bola explodir no travessão de Magrão, que não teve reação. O lance fez com que o Tricolor crescesse na partida, e a equipe voltou a assustar, dessa vez com Mendoza.
Após o momento de pressão, o Bahia perdeu ritmo de jogo e o Sport, com a entrada de Rogério e Rithely, ficou perto de ampliar o placar. Henríquez pegou rebote na cobrança de falta e chutou de longe, exigindo defesa espetacular de Jean.
FICHA TÉCNICA
SPORT 1 x 0 BAHIA
Local: Ilha do Retiro, no Recife (PE)
Data: 
19 de novembro de 2017
Hora: 
17h (de Brasília)
Árbitro: 
Wagner do Nascimento Magalhães (FIFA-RJ)
Assistentes: 
Thiago Neto Henrique Correa Farinha (CBF-RJ) e Diogo Carvalho Silva (CBF-RJ)
Cartões amarelos: Henríquez, Sander, André e Durval (Sport); Eduardo, Juninho Capixaba e Régis (Bahia)
GOL: Marquinhos aos 38 do primeiro tempo (Sport)
SPORT: Magrão; Raul Prata, Henríquez, Durval e Sander; Anselmo, Patrick e Marquinhos (Rogério); Diego Souza, Mena (Rithely) e André
Técnico: 
Daniel Paulista (interino)
BAHIA: Jean; Eduardo, Tiago, Thiago Martins e Juninho Capixaba; Edson, Juninho (Vinícius), Allione (Régis), Zé Rafael (Hernane); Mendoza e Edigar Junio
Técnico: Paulo Cesar Carpegiani

As informações são da Gazeta Esportiva.

Sobre Petrolina News

«
Próximo
Postagem mais recente
»
Anterior
Postagem mais antiga

Nenhum comentário:

Poste um Comentário

Recomendados Para Você