Slider[Style1]

Style10

impostometro de Petrolina

Style3[OneLeft]

Style3[OneRight]

Publicidade

Style4

Style2

Style6

Style5[ImagesOnly]



A Unidade de Pronto Atendimento e Atenção Especializada de Petrolina (UPAE/IMIP) sai na frente mais uma vez e realiza a sua primeira cirurgia de catarata congênita pelo SUS, tornando-se atualmente a única referência para o tipo de procedimento no sertão de Pernambuco.

A novidade foi apresentada nesta segunda-feira (30) com a realização da cirurgia de duas adolescentes de 13 e 14 anos. Ambas apresentavam perda de visão acentuada em um dos olhos e com a cirurgia, acompanhamento médico, uso de óculos e estimulação visual, a expectativa é de que Clara Laise Medrado e Maria Fernanda Rodrigues voltem a enxergar perfeitamente.

Os ganhos são inúmeros para a população que não irá mais precisar se deslocar à capital para realização desse tipo de cirurgia, e muito maior para as adolescentes que terão uma melhor qualidade de vida, inclusive com relação à educação, com a visão reestabelecida.

“Só tenho a visão de um olho e não vejo a hora de poder enxergar direito. Estou muito ansiosa”, revelou Clara antes da entrada no bloco cirúrgico. A sua colega também demonstrou o mesmo sentimento. “Estou esperando essa cirurgia há um ano e hoje me sinto muito feliz, apesar de nervosa”, garantiu Fernanda, já prometendo melhorar as notas na escola.

Para o oftalmologista, Guilherme Moura, a conquista só foi possível devido à estrutura de qualidade que a UPAE oferece e à sensibilização dos gestores. “Geralmente, a cirurgia a gente faz com anestesia local, mas por se tratar de adolescente, que tende a se movimentar mais pela própria ansiedade nós tivemos que fazer o uso da anestesia geral. Junto à direção nós conseguimos trazer o anestesiologista para realização da cirurgia de catarata congênita, resolvendo aqui mesmo o problema”, ressalta.

A expectativa é de haja uma boa resolutividade na Unidade. “Aqui na UPAE nós temos toda a aparelhagem, profissionais para realizar o procedimento e o nosso compromisso com a continuidade”, afirma Guilherme. E, de acordo com a coordenadora geral da Unidade, Ana Beatriz Mota Aguiar, a intenção é mesmo de seguir com o projeto. “Temos que aproveitar as nossas potencialidades e correr atrás do que falta para oferecer um serviço sempre de melhor qualidade ao nosso usuário. Mais uma vez estamos felizes de fazer história em Pernambuco”, finaliza. (Foto: Reprodução).

Sobre Petrolina News

«
Próximo
Postagem mais recente
»
Anterior
Postagem mais antiga

Nenhum comentário:

Poste um Comentário

Recomendados Para Você