Slider[Style1]

Style10

impostometro de Petrolina

Style3[OneLeft]

Style3[OneRight]

Style4

Style2

Style6

Style5[ImagesOnly]



Dezembro já inicia com boas novas para a Unidade de Pronto Atendimento e Atenção Especializada de Petrolina (UPAE/IMIP). É que a farmácia do serviço foi escolhida novamente como modelo por alunos da Univasf. Este ano, duas turmas do 7º período já haviam passado pela Unidade aprovando o padrão de assistência farmacêutica.

As visitas fazem parte da disciplina de Práticas III do curso, que tem como objetivo confrontar a teoria com a prática, levando os alunos a vivenciarem a realidade da profissão aplicada à farmácia de manipulação e à farmácia hospitalar, que são os focos do semestre.

De acordo com o professor do curso de Farmácia, André Santos da Silva, os alunos são levados sempre às unidades de referência por segmento. “Nessa disciplina nós procuramos observar a atuação do farmacêutico em campo, de modo que os alunos possam vislumbram as possibilidades da profissão”, explica.

Para André, a avaliação da UPAE é sempre nota 10. “Estamos acompanhando a evolução da farmácia da UPAE, que agora conta com um setor de fracionamento e uma estrutura bem melhor, e comprovamos a cada visita a sua qualidade técnica e de gestão. Tudo aqui é muito bem pensado, amarrado e parte de uma logística que visa a segurança do paciente. Por isso, estão todos de parabéns”, reconhece.

A estudante Bruna Manoela Souza confirma as impressões do professor: “Na UPAE a gente percebe que a função do farmacêutico vai bem mais além do que só entender de medicamentos. Ela envolve logística e gestão de recursos, entre outras boas práticas”.

Para o farmacêutico da Unidade, Carlos Augusto Macedo, o reconhecimento é importante e resultado de um trabalho em equipe. “Ficamos felizes por servir de exemplo”, declarou na ocasião. Nessas oportunidades, ele sempre apresenta a UPAE, Central de Armazenamento Farmacêutico [CAF], farmácia central que atende à urgência e emergência, e farmácia satélite que fica dentro do bloco cirúrgico.

“Além disso, falamos um pouco sobre o nosso sistema informatizado e o fluxo de medicamentos, que tenta otimizar e racionalizar o uso, visando evitar o desperdício e garantir a segurança do paciente. Realizamos um trabalho muito sério e as boas avaliações são fruto disso”, finaliza o profissional.

Sobre Petrolina News

«
Próximo
Postagem mais recente
»
Anterior
Postagem mais antiga

Nenhum comentário:

Poste um Comentário

Recomendados Para Você