Slider[Style1]

Style10

EM QUEM VOCÊ VOTARIA PARA PRESIDENTE EM 2018?

Style3[OneLeft]

Style3[OneRight]

Style4

Style2

Style6

Style5[ImagesOnly]

(Reprodução/Noticias ao Minuto / Foto: Globo/Ramón Vasconcelos)

William Waack foi demitido da Rede Globo, nesta sexta-feira (22), pouco mais de um mês após vazamento de vídeo em que aparece tecendo comentário considerado racista, nos bastidores do "Jornal da Globo". A emissora e o jornalista confirmaram a informação em texto conjunto, enviado à imprensa. Quem assina representando a Globo é o diretor de jornalismo, Ali Kamel.

Leia o documento na íntegra:


"Em relação ao vídeo que circulou na internet a partir do dia 8 de novembro de 2017, William Waack reitera que nem ali nem em nenhum outro momento de sua vida teve o objetivo de protagonizar ofensas raciais.

Repudia de forma absoluta o racismo, nunca compactuou com esse sentimento abjeto e sempre lutou por uma sociedade inclusiva e que respeite as diferenças. Pede desculpas a quem se sentiu ofendido, pois todos merecem o seu respeito.

A TV Globo e o jornalista decidiram que o melhor caminho a seguir é o encerramento consensual do contrato de prestação de serviços que mantinham. A TV Globo reafirma seu repúdio ao racismo em todas as suas formas e manifestações. E reitera a excelência profissional de Waack e a imensa contribuição dele ao jornalismo da TV Globo e ao brasileiro. E a ele agradece os anos de colaboração.

Ali Kamel, diretor de jornalismo da TV Globo

William Waack, jornalista e apresentador de programas jornalísticos da TV Globo" 
As informações são do Noticias ao Minuto.


Sobre Petrolina News

«
Próximo
Postagem mais recente
»
Anterior
Postagem mais antiga

Nenhum comentário:

Poste um Comentário

Recomendados Para Você