Slider[Style1]

Style10

Style3[OneLeft]

Style3[OneRight]

Style4

Style2

Style6

Style5[ImagesOnly]

(Foto: Divulgação/Polícia Civil)

Um dos suspeitos de matar três irmãos em um bar, na cidade de Ribeira do Pombal, a cerca de 300 quilômetros de Salvador, foi preso na tarde de terça-feira (23). As informações foram confirmadas ao G1 nesta quinta (25), pelo delegado Edemir Luchini, responsável por investigar o caso.

A cabeça de uma das vítimas, que havia sido decaptada, foi encontrada em um povoado conhecido como Tabuleiro do Veríssimo, no mesmo dia da prisão do suspeito. Segundo a polícia, uma foto da cabeça foi exibida por criminosos nas redes sociais, como troféu.

Paulo Jesus dos Santos, conhecido como Paulo Uveia, havia ganhado liberdade provisória dias antes do crime, na tarde de domingo (21). Ele está custodiado na delegacia de Ribeira do Pombal, onde aguarda decisão judicial.

De acordo com o delegado, os três irmãos fazem parte de uma facção criminosa e podem ter sido mortos como forma de vingança, já que Paulo é membro de uma facção rival. Outros suspeitos de envolvimento com o crime também já foram identificados.

Os três irmãos foram mortos quando estavam em um bar na tarde de domingo (21), em Ribeira do Pombal. Um deles foi decapitado.

(Foto: Reprodução do G1 BA)


A quarta vítima foi atingida na virilha quando saía do banheiro. Ela foi identificada como Alaelson Santos, de 27 anos. Segundo a polícia, o rapaz não era alvo dos atiradores. Não há detalhes do estado de saúde dele. A polícia não especificou se há grau de parentesco entre o quarto baleado e os irmãos mortos.

A polícia detalhou que Claúdio morreu no bar, Reures morreu próximo ao local e Bruno conseguiu fugir. Entretanto, ao ser perseguido, ele foi atingido e depois decapitado. Segundo a polícia, a cabeça dele não foi encontrada.

Após o crime, os suspeitos que efetuaram os disparos fugiram do local. As testemunhas que presenciaram a ação não identificaram os autores. As informações são do G1 BA.

Sobre Petrolina News

«
Próximo
Postagem mais recente
»
Anterior
Postagem mais antiga

Nenhum comentário:

Poste um Comentário