Slider[Style1]

Style10

Style3[OneLeft]

Style3[OneRight]

Style4

Style2

Style6

Style5[ImagesOnly]

Edson Rodrigues dos Santos, de 27 anos, foi preso em Salvador (Foto: Divulgação / Polícia Civil)

O jovem que deu um soco e matou o estudante de engenharia mecânica Kaíque Abreu, de 22 anos, em Salvador, teve a prisão preventiva decretada durante audiência de custódia, no Núcleo de Prisão e Flagrantes, na capital baiana, na quinta-feira (15) - um dia após ser preso. A infomação foi divulgada pelo Tribunal de Justiça da Bahia (TJ-BA).

Edson Rodrigues dos Santos, de 27 anos, deu um soco e um pontapé na vítima, no momento em que Kaíke voltava do carnaval, no bairro da Graça, próximo ao circuito Barra-Ondina, na sexta-feira (9). O crime foi registrado por câmeras de segurança da região.

De acordo com a polícia, o jovem contou que cometeu o crime porque queria revidar uma agressão sofrida durante a festa, que não tinha relação com o estudante.

Após a audiência de custódia, na quinta-feira, Edson foi encaminhado para o Conjunto Penal da Mata Escura, em Salvador. Segundo o TJ, a decisão foi determinada pelo juiz Alvaro Marques de Freitas Filho, que, apesar de decretar a prisão preventiva, relaxou a prisão em flagrante do jovem porque o crime ocorreu 5 dias antes dele ser preso.

Jovem foi agredido ao voltar para casa, no circuito Barra-Ondina (Foto: Reprodução/TV Bahia)

O crime ocorreu por volta das 2h50 da sexta-feira (9), na Rua Manoel Barreto. As imagens da câmera de segurança mostram dois homens se aproximando de Kaíque, no momento em que ele passa pelo local. O rapaz voltava para casa sozinho, após se perder dos amigos.

Os dois homens que aparecem no vídeo param perto de um poste. Em seguida, outros dois homens andam em direção a um caminhão estacionado. Um deles entra no veículo, e o outro vai pra carroceria.

Logo depois, Kaíque segue andando na rua e é violentamente agredido por um dos homens que estava próximo ao poste - Edson. O rapaz fica no chão, enquanto o motorista do caminhão dá a partida e os dois homens sobem na carroceria. O caminhão deixa o local e o rapaz continua caído.

Kaíque foi socorrido e levado para o Hospital Português, mas não resistiu aos ferimentos, após cinco dias internado na unidade de saúde. A morte cerebral da vítima foi atestada na quarta-feira (14). Na quinta-feira, a família do estudante emitiu uma nota à imprensa.

No comunicado, a família agradece o hospital onde o jovem ficou internado, a polícia, a Justiça, a imprensa e a sociedade. Ainda na nota, os familiares destacaram a importância da população se unir: "Somente juntos poderemos construir uma sociedade melhor".

Prisão

Edson Rodrigues dos Santos foi preso na quarta, no bairro de Capelinha de São Caetano, onde morava. Além dele, Bruno Fernando Ribeiro Batista, de 30 anos, que dirigia o caminhão usado pelo suspeito para fugir, também foi preso, e um adolescente de 17 anos que estava com ele durante a ação foi apreendido. Os três foram identificados com a ajuda das imagens do crime.

De acordo com a polícia, Bruno e o adolescente foram conduzidos ao Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) e admitiram ter visto o momento do crime. O adolescente foi encaminhado à Delegacia para Adolescente Infrator (DAI), enquanto que Bruno vai responder por omissão de socorro e favorecimento pessoal.

Mais dois adolescentes, já identificados, que estavam na companhia de Bruno, serão intimados para prestar depoimento. O caminhão, que foi apreendido, passará por perícia no Departamento de Polícia Técnica (DPT). As informações são do G1 BA.

Sobre Petrolina News

«
Próximo
Postagem mais recente
»
Anterior
Postagem mais antiga

Nenhum comentário:

Poste um Comentário