Slider[Style1]

Style10

Style3[OneLeft]

Style3[OneRight]

Style4

Style2

Style6

Style5[ImagesOnly]

(Foto: Bassam Khabieh/Reuters)

O Observatório Sírio de Direitos Humanos (OSDH) afirmou nesta segunda-feira (12) que cerca de 511 mil pessoas morreram na guerra na Síria desde o início do conflito, há sete anos, de acordo com a Reuters.

O balanço da ONG indica que 85% dos mortos foram vítimas de ataques do governo ou de forças aliadas, como a Rússia.

O Observatório tem sede no Reino Unido, mas possuiu uma vasta rede de informantes em território sírio. Segundo as informações do OSDH, 350 mil pessoas foram identificadas e o restante não teve o nome divulgado.

O conflito, que se arrasta desde 2011, já dez com que milhões de pessoas - mais de metade da população do país antes do conflito - deixasse sua casa. O exército sírio e sua aliada Rússia, desde 2015, realizam ataques aéreos.

Nas últimas semanas, intensos combates seguem em várias regiões, incluindo Guta Oriental, perto da capital, e Afrin, perto da fronteira com a Turquia. As informações são do G1.

Sobre Petrolina News

«
Próximo
Postagem mais recente
»
Anterior
Postagem mais antiga

Nenhum comentário:

Poste um Comentário