Slider[Style1]

Style10

Style3[OneLeft]

Style3[OneRight]

Style4

Style2

Style6

Style5[ImagesOnly]

(Foto: Arquivo pessoal / Reprodução G1 BA)

A Polícia Militar prendeu, nesta terça-feira (15), um homem suspeito de atear fogo e matar a sogra em Gongogi, no sul da Bahia. José Orlando Dias de Moura foi encontrado pela PM no bairro dos Moreiras, em Mairinque (SP).

De acordo com a PM, o crime aconteceu em maio de 2015. O homem procurado pela Justiça estava foragido e foi preso depois que a polícia recebeu uma denúncia.

Os policiais fizeram patrulhamento pelo bairro e encontraram o suspeito, que tentou fugir ao perceber a presença da viatura, porém foi contido.

Em revista pessoal, nada de ilícito foi localizado com o suspeito. Questionado, José Orlando apresentou uma CNH falsa, mas acabou revelando o nome verdadeiro.

Os policiais constataram a situação de procurado pelo crime cometido no sul da Bahia e foram até a casa em que o homem se escondia.

A residência pertencia ao irmão do suspeito, que também foi detido quando a polícia localizou uma arma de calibre 22 e 26 munições.

A dupla foi levada ao Distrito Policial para elaboração da ocorrência. José Orlando permaneceu detido à disposição da Justiça, enquanto o irmão do suspeito foi liberado após o pagamento de fiança.


Irmão do suspeito foi detido quando a polícia localizou uma arma e munições (Foto: Polícia Militar/Divulgação)

Crime

José Orlando Dias de Moura é suspeito de jogar gasolina e atear fogo na sogra e no neto dela, em maio de 2015 em Gongogi, região sul da Bahia.

Hilda Quirino Santos tinha 79 anos e teria tentado defender a filha durante uma briga com a companheira do suspeito. Os familiares tentaram socorrer a idosa, que não resistiu aos ferimentos e morreu.

O neto da vítima sofreu queimaduras em parte do corpo e foi internado em um hospital da região. Na época, o suspeito fugiu de carro permaneceu procurado pela polícia. As informações são do G1 Sorocaba e Jundiaí.

Sobre Petrolina News

«
Próximo
Postagem mais recente
»
Anterior
Postagem mais antiga

Nenhum comentário:

Poste um Comentário