Slider[Style1]

Style10

Style3[OneLeft]

Style3[OneRight]

Style4

Style2

Style6

Style5[ImagesOnly]

Servidor público foi preso em flagrante por estupro de vulnerável em Vitória (Foto: Fabrício Christ / TV Gazeta)

O servidor público Diniz Horácio da Silva, de 47 anos, foi preso em flagrante nesta terça-feira (8), após estuprar uma menina de 12 anos. Segundo a polícia, ele oferecia dinheiro e bebida a menores de idade em troca de relações sexuais, e a aproximação era feita pela internet.

A prefeitura de Vitória(ES) informou que o servidor foi exonerado do cargo assim que tomou conhecimento do ocorrido.

A menina foi encontrada em um quarto fechado por um cadeado, nesta terça-feira, e passou por exames que comprovam o crime. Para a polícia, ela contou que era abusada há quase um ano.

A investigação da Delegacia de Proteção à Criança e ao Adolescente (DPCA) começou em abril, depois de uma denúncia anônima. Policiais foram até a casa do suspeito para cumprir um mandado de busca e apreensão quando encontraram a menina na cama dele, com roupas íntimas.

“Ela falou que foi ao local atraída pelo dinheiro. O acusado alegou que, como era uma noite chuvosa e fria, ele a convidou para ir à casa dele, mas essa versão é muito frágil”, disse o delegado Lorenzo Pazolini, titular da DPCA.

Menina de 12 anos foi encontrada na cama do quarto de um servidor público de Vitória (Foto: Divulgação / Polícia Civil)

O delegado afirmou que outras duas adolescentes, de 13 e 15 anos, também sofreram abusos sexuais e prestaram depoimento.

As duas meninas disseram à polícia que Diniz chegava até elas pelas redes sociais, oferecia dinheiro e bebidas em troca de relações sexuais. As meninas mentiam para os pais, dizendo que iam para casa de amigas, mas iam para a casa do homem.

Segundo Pazolini, há suspeita de que amigos de Deniz também faziam sexo com as menores.

O celular de Diniz foi apreendido e vai passar por uma perícia. O homem disse para a polícia que já foi candidato a vereador e negou ter praticado abusos. “Foi uma armação. Eu sou inocente”, declarou à imprensa. As informações são do Fábio Linhares, TV Gazeta / G1 ES.

Sobre Petrolina News

«
Próximo
Postagem mais recente
»
Anterior
Postagem mais antiga

Nenhum comentário:

Poste um Comentário