Slider[Style1]

Style10

Style3[OneLeft]

Style3[OneRight]

Style4

Style2

Style6

Style5[ImagesOnly]

(Foto: Reprodução / REUTERS)

A Alemanha decepcionou no início de sua campanha na Copa do Mundo da Rússia. No Estádio Luzhniki, os atuais detentores do título foram dominados pelo surpreendente México durante a manhã deste domingo e acabaram derrotados por 1 a 0.
Com o triunfo, a seleção dirigida pelo colombiano Juan Carlos Osório marca seus primeiros três pontos na Copa do Mundo. Os dois classificados do Grupo F, completado por Coreia do Sul e Suécia, cruzam nas oitavas de final com os integrantes da chave do Brasil.
Pela segunda rodada da Copa do Mundo da Rússia, o México volta a campo para enfrentar a Coreia do Sul às 12 horas (de Brasília) deste sábado, em Rostov. Às 15 horas do mesmo dia, no Estádio Olímpico de Sochi, a seleção alemã encara a Suécia.
O Jogo – Atual detentora do título a Alemanha tomou a iniciativa e buscou o jogo no primeiro tempo, ficando exposta aos contra-ataques puxados por Carlos Vela. Javier Chicharito e Miguel Layun chegaram a receber passes diante do goleiro Manuel Neuer, mas não finalizaram.
Aos 34 minutos, em mais uma jogada de contra-ataque, o México saiu na frente. Após roubar a bola na defesa, o time dirigido por Juan Carlos Osorio fez uma rápida transição para o campo de ataque. Hirving Lozano recebeu de Chicharito, cortou a marcação de Ozil e fuzilou Neuer.
A Alemanha procurou responder rápido e quase chegou ao empate em cobrança de falta dura, cometida por Lozano sobre Kimmich na entrada da área. Em um chute colocado, Kroos procurou o ângulo esquerdo de Ochoa, que conseguiu desviar a bola para o travessão.
Na tentativa de buscar o empate, a Alemanha se lançou ao ataque durante a etapa complementar e permaneceu exposta aos contragolpes mexicanos. Após receber cruzamento vindo da direita, Kimmich tentou uma bicicleta e assustou o goleiro Ochoa.
Juan Carlos Osorio, conhecido pelas alterações esquisitas, tirou Carlos Vela, que puxava os contra-ataques, e Hirving Lozano, autor do gol, para colocar Edson Alvarez. Com o time pressionado, ele fortaleceu a zaga com Rafael Marquez, com cinco Copas do Mundo no currículo.
Com Gomez no lugar de Plattenhardt, a Alemanha encurralou o México no campo de defesa, mas abusou dos cruzamentos na área e não conseguiu criar boas oportunidades. O time centro-americano ainda desperdiçou alguns contra-ataques, que não fizeram falta. No último susto, Brandt acertou a trave direita de Ochoa.
FICHA TÉCNICA
ALEMANHA 0 x 1 MÉXICO
Local: Estádio Luzhniki, em Moscou (Rússia)
Data: 17 de março de 2018 (Domingo)
Horário: 12h (de Brasília)
Árbitro: Alireza Faghani (Irã)
Assistentes: Reza Sokhandan (Irã) e Mohamed Mansouri (Irã)
Cartões amarelos: Muller (ALE); Moreno (MEX)
Gol:
MÉXICO: Lozano, aos 34 minutos do 1º tempo
ALEMANHA: Neuer; Kimmich, Hummels, Boateng e Plattenhardt (Gomez); Kroos, Khedira (Reus) e Ozil; MUller, Draxler e Werner (Brandt)
Técnico: Joachim Löw
MÉXICO: Ochoa; Salcedo, Moreno, Ayala e Gallardo; Herrera, Guardado (Rafael Marquez), Layun, Vela (Alvarez) e Lozano (Jimenez); Chicharito
Técnico: Juan Carlos Osório


As informações são da Gazeta Esportiva.

Sobre Petrolina News

«
Próximo
Postagem mais recente
»
Anterior
Postagem mais antiga

Nenhum comentário:

Poste um Comentário