Slider[Style1]

Style10

Style3[OneLeft]

Style3[OneRight]

Style4

Style2

Style6

Style5[ImagesOnly]

Letícia Tanzi, de 13 anos, foi morta pelo pai Foto: Reprodução/Facebook

Um homem de 28 anos está sendo procurado pela polícia de São Roque, em São Paulo, suspeito de matar a própria filha, Letícia Tanzi, de 13 anos, nesta quarta-feira. Horácio Nazareno Lucas tinha sido preso há cinco meses por ter estuprado a cunhada. Após sua prisão, a família descobriu que ele também tinha abusado da filha de 13 anos e denunciou o crime à polícia.

Inicialmente, a Polícia Militar de São Paulo (PM-SP) tinha afirmado que Horácio tinha sido preso pelo estupro da adolescente, mas a informação estava errada. A reportagem foi corrigida às 17h40.

Horácio saiu da cadeia na segunda-feira e, na madrugada desta quarta, foi à casa da mulher para pedir que a queixa de estupro contra a filha fosse retirada e a agrediu. A esposa saiu para pedir socorro e, ao retornar, encontrou Letícia esfaqueada.

Segundo a Polícia Militar, a adolescente chegou a ser levada para a Santa Casa de São Roque, mas já chegou morta.

Tamires, a ex-mulher de Horácio, contou à polícia que os dois discutiram e o ex-marido deu um soco em seu nariz. Ela saiu de casa para pedir ajuda a vizinhos e, quando retornou, já encontrou a filha ferida.

Após denúncias, os policiais militares da 2ª Companhia da Polícia Militar foram acionados para um caso de violência doméstica. No caminho, foram parados por um menino de 6 anos. Desesperada, a criança pediu ajuda porque o pai teria matado a sua irmã.

Segundo a Polícia Civil, a mãe da adolescente ainda não prestou depoimento. O corpo da menina ainda está em São Roque, mas será encaminhado para o Insituto Médic0-Legal (IML) de Sorocaba. As informações são do extra.globo.com

Sobre Petrolina News

«
Próximo
Postagem mais recente
»
Anterior
Postagem mais antiga

Nenhum comentário:

Poste um Comentário