Slider[Style1]

Style10

Style3[OneLeft]

Style3[OneRight]

Style4

Style2

Style6

Style5[ImagesOnly]

(Foto: Stefano Rellandini/Reuters)


Não foi uma atuação de encher os olhos. Cristiano Ronaldo, por exemplo, teve participação apenas discreta. Mas bastou uma boa jogada do português - pedalou na área, tirou a marcação e cruzou na medida para Mandzukic marcar - para a Juventus derrotar o Valencia por 1 a 0, em Turim, e garantir com uma rodada de antecipação a vaga nas oitavas de final da Liga dos Campeões da Uefa. O time italiano chegou aos 12 pontos, e avançou junto com o Manchester United, segundo colocado, com dez. A última rodada - Young Boys x Juventus e Valencia x Manchester United - servirá apenas para decidir quem terminará em primeiro.

Apesar da derrota, o Valencia tinha tudo para voltar para casa ainda em boa situação na luta pela vaga. Como o Manchester United estava empatando em casa com o Young Boys, a equipe espanhola precisaria apenas de uma vitória por qualquer placar contra o clube inglês na rodada final, em casa. Mal terminou o jogo em Turim, no entanto, veio a notícia que eliminou o Valencia: Fellaini marcou aos 45 minutos do segundo tempo o gol da vitória do Manchester. Com cinco pontos, os espanhois não têm mais chance de classificação.

O primeiro tempo só não foi totalmente dispensável porque, no último minuto, o goleiro Szczesny, da Juventus, fez uma defesa espetacular em cabeçada de Diakhaby. Aos 13 da etapa final, Cristiano Ronaldo se livrou da marcação e rolou para Mandzukic, livre na pequena área, fazer o gol da partida. A Juventus controlou a partida sem dificuldade, e quase ampliou aos 22, mas o goleiro brasileiro Neto espalmou o chute perigoso de Dybala. Cristiano Ronaldo também parou em Neto na sua melhor conclusão no jogo, de cabeça, aos 27. As informações são do GloboEsporte.com.

Sobre Petrolina News

«
Próximo
Postagem mais recente
»
Anterior
Postagem mais antiga

Nenhum comentário:

Poste um Comentário