Slider[Style1]

Style10

Style3[OneLeft]

Style3[OneRight]

Style4

Style2

Style6

Style5[ImagesOnly]

Quatro jovens foram presos por matar funcionário público após ter roubado o par de tênis — Foto: Divulgação/ Polícia Civil



Quatro jovens foram identificados e presos na segunda-feira (04) suspeitos de roubar um par de tênis e depois matar um funcionário público municipal de Petrolina, no Sertão de Petrolina. O crime aconteceu na madrugada do sábado (02), na Avenida Barão de Contendas, no bairro Jardim Jatobá, na Zona Leste da cidade. Segundo a Polícia Civil, a vítima fazia caminhada quando teria sido abordada pelo grupo, que o seguraram, e, o agrediram a golpes de pedregulhos. Marcos Cesar Zefino de Souza não resistiu e morreu no local.


Marcos Cesar Zefino de Souza- Vítima (Foto: Reprodução)

Através de investigações, a polícia tomou conhecimento que um dos suspeitos morava em uma das vilas na estrada das Pedrinhas. Na tarde da segunda-feira (04) foi realizada diligências no Povoado Porto da Ilha e encontrada a residência de um dos envolvidos, Henrique Laurindo de Brito, de 21 anos. Ele fugiu antes da chegada da equipe da 25ª Delegacia de Polícia de Homicídios.


Delegados mostram par de tênis e desfecho da investigação em coletiva nesta terça (05) — Foto: Aracely Romão/ TV Grande Rio

Entretanto, em uma garagem da vila foi achado um veículo com as características do utilizado na fuga após o crime. O dono do veículo apontou o filho como a pessoa que teria usado o carro na noite de sexta-feira (01) para o sábado (02). O jovem foi conduzido a prestar depoimentos. A partir disso, foram identificados, localizados e presos todos os envolvidos no crime: Henrique Laurindo de Brito, de 21 anos, Alisson Pereira da Silva “Liu", de 23 anos; Francisco Janderson Santos Souza “Jandinho”, de 24 anos e Davi Alves da Silva, de 20 anos.

Em um matagal, a polícia encontrou o par de tênis, produto do crime do latrocínio. As investigações aconteceram sob a coordenação dos delegados Magno Souza das Neves e Gabriel Carvalho Bahia Sapucaia. As informações são do G1 Petrolina.

Sobre Petrolina News

«
Próximo
Postagem mais recente
»
Anterior
Postagem mais antiga

Nenhum comentário:

Poste um Comentário