Slider[Style1]

Style10

Style3[OneLeft]

Style3[OneRight]

Style4

Style2

Style6

Style5[ImagesOnly]

Suspeito foi preso em São Paulo e trazido a Salvador — Foto: Phael Fernandes/G1 Bahia

O homem preso na quinta-feira (7) suspeito de participação na morte do subtenente Fabiano Fortuna da Silva, durante uma tentativa de assalto no estacionamento do Shopping Paralela, em Salvador, atirou contra a vítima após identificar que era um policial.

A informação foi divulgada nesta sexta-feira (8), pelo delegado Odair Carneiro, durante coletiva de imprensa. O crime ocorreu em setembro de 2017.

"Ele sabia antes de atirar que a vítima era policial. Ele já atirou sabendo de quem se tratava", afirmou o delegado Odair Carneiro.

Ainda segundo o delegado, imagens e confissões em áudio comprovam que Michel da Silva Nascimento foi foi o autor do crime.

"Tem imagens dele descendo da moto, fazendo os disparos. Também tem a confusão através de áudios. Com certeza ele foi o autor", completou o delegado.

Durante a coletiva desta sexta, realizada na sede do Departamento de Homicídios e Proteção á Pessoa (DHPP), o suspeito negou participação.

Michel foi localizado em uma residência alugada no Jardim Peri, na capital paulista. Ele morava no imóvel depois que fugiu de Salvador, após o crime. Em São Paulo, Michel trabalhava como manobrista e contava com ajuda da família para se manter.

Ele era o 8 de Ouros do Baralho do Crime da SSP-BA, ferramenta que reúne os criminosos mais procurados da Bahia

A procura por Michel começou em 2017, quando uma força-tarefa entre a PM, Polícia Civil e Polícia Federal, além de apoio do Graer, conseguiu coletar informações e chegar até o homem.

Ainda segundo a polícia, Michel e os três outros suspeitos presos formavam uma quadrilha especializada em praticar saidinhas bancárias em Salvador e na região metropolitana.

Michel vai responder por associação criminosa, roubo qualificado com evento de morte e latrocínio. Ele está à disposição da Justiça e passará por audiência de custódia.

Caso

PM foi morto a tiros em tentativa de assalto — Foto: Reprodução/Facebook

O subtenente da Polícia Militar, Fabiano Fortuna e Silva, de 40 anos, foi baleado durante uma tentativa de assalto, no estacionamento do Shopping Paralela, em Salvador, na tarde de 28 de setembro. Ele chegou a ser levado para o Hospital Roberto Santos, mas morreu por volta das 18h do mesmo dia. O PM foi sepultado no Cemitério Bosque da Paz, no dia seguinte.

Segundo o delegado Odair Carneiro, da Força-Tarefa que investiga crimes contra policiais, Fabiano Fortuna havia sacado R$ 3,9 mil em uma agência bancária do bairro de Sussuarana, e se dirigiu ao Shopping Paralela para realizar pagamentos, quando foi seguido pelos assaltantes.

No estacionamento do shopping, conforme a polícia, o PM foi abordado pelos criminosos e tentou correr, mas o suspeito identificado como Michel percebeu que ele estava armado e disparou, levando Fabiano à morte. Fortuna serviu à PM durante 19 anos. As informações são do G1 BA.

Sobre Petrolina News

«
Próximo
Postagem mais recente
»
Anterior
Postagem mais antiga

Nenhum comentário:

Poste um Comentário