Manifestações tomam ruas de Hong Kong em aniversário de protestos contra o governo

Foto: Reprodução / NHK WORLD - JAPAN

Um ano após o início de grandes manifestações contra o governo em Hong Kong, moradores do território voltaram a tomar as ruas em atos pró-democracia.

Na terça-feira completou-se um ano desde que mais de um milhão de pessoas teria participado de uma manifestação repudiando um projeto de lei que permitiria a extradição de suspeitos de crimes à China continental.

Desde então, o projeto de lei foi arquivado. Agora a população está realizando protestos contra o plano de Pequim de introduzir uma lei de segurança nacional em Hong Kong.

Centenas de pessoas se reuniram na região central da ilha de Hong Kong na noite de terça-feira. Eles usaram seus telefones celulares como velas, pedindo pela independência do território.

Alguns dos manifestantes continuaram a realizar o protesto até tarde da noite. Policiais usaram gás lacrimogênio para dispersá-los.

Segundo a polícia, 53 pessoas foram presas sob suspeita de participação em reuniões que violam a lei.

A agência estatal de notícias da China afirma que o Comitê Permanente do Congresso Nacional do Povo irá se reunir de 18 a 20 de junho.

O comitê é encarregado da formulação da lei. Ela pode ser aprovada durante essa sessão. As informações são NHK WORLD - JAPAN.

Postar um comentário

0 Comentários