Operação NE Amaralina: Quinto suspeito de fazer parte de grupo criminoso morre em confronto com a polícia, na Bahia

(Foto: SSP-BA)


Um homem suspeito de fazer parte de um grupo criminoso que atua no Complexo do Nordeste de Amaralina, em Salvador, morreu em um confronto com policiais, na tarde desta quinta-feira (3). O tiroteio aconteceu durante uma operação conjunta das polícias Civil e Militar, que é feita na localidade desde a quarta-feira (2).

Com esse caso, sobe para cinco o número de suspeitos mortos durante a ação da polícia na região. Na quarta, outros quatro suspeitos de fazerem parte de um grupo criminoso morreram em uma troca de tiros com policiais. Outros três suspeitos foram presos.

Segundo a Secretaria de Segurança Pública (SSP-BA), durante a operação, nesta quinta, equipes das Rondas Especiais (Rondesp) Atlântico patrulhavam na localidade de Sucupira, na Santa Cruz, que faz parte do Complexo do Nordeste de Amaralina, quando encontraram homens armados. Na tentativa de cerco, houve confronto e um dos suspeitos acabou atingido.

Conforme a SSP, o homem, de identidade não revelada, foi socorrido para o Hospital Geral do Estado (HGE), mas não resistiu aos ferimentos. Com ele, foram apreendidos uma pistola, carregador, munições, 36 porções de cocaína e uma mochila, informou a SSP.

Operação

A operação no Nordeste de Amaralina foi deflagrada pela Polícias Militar e Civil nas primeiras horas da manhã de quarta-feira (2).

Entre os presos na operação, está um homem condenado por participar de um latrocínio contra um PM, em Salvador, em 2014. Ela havia escapado do presídio em abril deste ano e estava foragido.

Desde o início da quarta, as forças de segurança do estado ocupam a região do Complexo do Nordeste de Amaralina. Segundo a SSP-BA, os trabalhos foram ampliados para combater um grupo criminoso que atua nos bairros, na tentativa de dominar o tráfico de drogas na localidade.

O transporte também foi afetado na região. Os ônibus que acessam ao bairro de Santa Cruz não estão entrando na localidade. O final de linha foi direcionado para o Parque da Cidade, no Itaigara, e os acessos ao bairro estão sendo monitorados pela Polícia Militar.    Essas informações são do G1 BA.

Postar um comentário

0 Comentários