UFC: Charles do Bronx, Blindado e Sergipano brilham, mas Amanda Nunes é finalizada

Reprodução / Combate.com

O Brasil colocou dois cinturões em jogo na noite deste sábado, em Las Vegas (EUA), no UFC 269. Contudo, apenas um ficou sob posse do país. Campeão do peso-leve, Charles do Bronx manteve o posto ao finalizar Dustin Poirier a 1m02s do terceiro round, porém, Amanda Nunes sucumbiu diante de Julianna Peña ao perder por submissão no segundo assalto e perdeu o título dos galos. A "Leoa" ainda detém o cinturão dos penas.

Além de Charles do Bronx, outros dois brasileiros brilharam no octógono: Bruno Blindado e André Sergipano, dois nomes ainda pouco conhecidos no Ultimate. O paraibano alcançou o 19º nocaute da carreira ao liquidar Jordan Wright com 1m28s de combate, enquanto o atleta da TFT finalizou Eryk Anders também na etapa inicial.

Multada em 30% da bolsa ao não bater o peso na sexta-feira, Priscila Pedrita decepcionou novamente no cage. A lutadora enfiou, propositalmente, o polegar no olho de Gilian Robertson ao ser pega no mata-leão. O golpe sujo não surtiu efeito e, mesmo assim, a atleta canarinho foi finalizada pela canadense no último segundo do primeiro assalto.

Postar um comentário

0 Comentários