Duas crianças são mortas pela própria mãe na Baixada Fluminense

Reprodução / SBT News

Duas crianças foram mortas pela própria mãe, na Baixada Fluminense. Os corpos de Bruno, de 6 anos, e Arthur, de 3, foram enterrados no cemitério municipal de Guapimirim (RJ).

Na saída do hospital onde a mãe deles estava internada, a população se manifestou revoltada: "assassina", gritou uma pessoa. Stephany Ferreira Peixoto, de 36 anos, foi levada para o Complexo Penitenciário de Gericinó, na zona oeste da capital fluminense, onde vai passar por uma avaliação médica.

Ela tentou se matar, cortando os pulsos depois de esfaquear até a morte os próprios filhos. Stephany chegou a ligar para o marido avisando que iria matar os meninos. Nas redes sociais, se mostrava uma mãe amorosa. Na ultima postagem, parabenizava o filho mais velho, que fazia aniversário. Mas em outro post, uma mensagem enigmática: "eu prefiro ficar do lado de deus do que ser julgada pelo mundo".

O marido de Stephany já foi ouvido pela polícia, mas não conseguiu apontar motivos para o crime. "Nenhuma linha de investigação vai ser abandonada, todas elas vão ser checadas, uma é essa de um possível surto psicótico, embora o marido diga que ela não fazia tratamento nenhum, psicológico ou psiquiátrico", afirmou o delegado Antônio Silvino.

Postar um comentário

0 Comentários