Polícia prende homem que atacava mulheres com faca na zona leste de São Paulo

Reprodução


A Polícia Militar prendeu o homem suspeito de esfaquear mulheres em Cidade Tiradentes, na zona leste de São Paulo. A prisão ocorreu neste sábado (22).

Equipes do 28º Batalhão de Polícia Militar foram informadas de que o homem havia retornado à sua casa, no bairro Iguatemi, também na zona leste. Após diligências, o suspeito foi encontrado em casa e preso. Segundo a Polícia, ele diz não se lembrar dos crimes, mas está lúcido. De acordo com a PM, suspeito teria problemas psicológicos.

O homem foi conduzido ao 63º Distrito Policial, da Vila Jacuí, onde o caso foi registrado. Duas vítimas do homem compareceram à delegacia para realizar o reconhecimento do suspeito.

Imagens de uma câmera de segurança flagraram a ação do homem na quinta-feira (20). Na gravação, é possível ver uma mulher de calça e camiseta rosa segurando uma sacola enquanto anda na calçada da avenida Souza Ramos, por volta das 21h20.

Logo após, um homem de calça, jaqueta e boné surge olhando para trás. Em seguida, ele tira a faca do casaco e atinge a vítima duas vezes na região das costas. A mulher corre assustada, e o homem foge na direção contrária.

Outra mulher também foi vítima dos ataques do homem minutos antes da agressão registrada em vídeo. A jovem, de 19 anos, voltava da academia com uma amiga por volta das 20h30 quando foi abordada pelo suspeito também na avenida Souza Ramos, próximo a uma academia.

De acordo com o relato da jovem, o homem teria se aproximado e dito "vai, qual das duas". Sem entender nada, a amiga da vítima saiu correndo e nesse momento o agressor golpeou a jovem, que caiu no chão.

Quando viu que o homem havia fugido do local, a vítima se levantou e tentou correr, mas percebeu que tinha deixado cair alguns pertences e voltou. Nesse instante, o agressor também voltou e tentou esfaquear mais uma vez a jovem, mas ela saiu correndo.

A mulher percebeu que havia sido ferida apenas ao chegar em casa. Depois de falar com os pais, a jovem foi encaminhada ao Hospital Santa Marcelina, em Cidade Tiradentes, na zona leste, onde recebeu os cuidados médicos.

No hospital, de acordo com a jovem, ela encontrou outra mulher. Após alguns minutos de conversa, as duas descobriram que haviam sido feridas de maneira muito parecida pelo mesmo agressor.

Postar um comentário

0 Comentários