Tempestade tropical deixa mortos em Moçambique

Reprodução


O número de mortos durante a passagem da tempestade tropical Ana subiu para 18 em Moçambique, segundo atualização feita pelo Instituto Nacional de Gestão e Redução do Risco de Desastres (INGD) na manhã desta quinta-feira (27).

A instituição também informa que 99 pessoas ficaram feridas. Três províncias do país foram as mais atingidas pela passagem da tempestade tropical: Tete, Zambézia e Nampula.

O INGD diz ainda que 2.756 casas ficaram totalmente destruídas, doze unidades sanitárias foram afetadas e centenas de salas de aula, destruídas.

Apesar de a tempestade já ter passado, há famílias que ainda não podem voltar às suas casas, que continuam inundadas. Para amparar as vítimas da tempestade tropical foram criados oito centros de acolhimento na província da Zambézia e dois na província de Tete.

Para assegurar a retomada do transporte em várias estradas, o Governo de Moçambique trabalha para avaliar as condições técnicas para a instalação de pontes metálicas.

Na última quarta-feira (26), foi encontrado o corpo do administrador da cidade de Tete, José Maria Menderes, que foi arrastado pela força das águas durante a passagem da tempestade tropical Ana.

Postar um comentário

0 Comentários