Chanceler da Alemanha diz que Rússia ‘pagará preço muito alto’ se invadir a Ucrânia

Brendan SMIALOWSKI / AFP

O chanceler da Alemanha, Olaf Scholz, disse nesta segunda-feira, 7, que a Rússia “pagará um preço muito alto” se invadir a Ucrânia. Ele participou de um encontro para discutir o tema com o presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, na Casa Branca. “Estamos nos preparando para, se houver uma invasão, agir rápida e decisivamente, além claro, de uniformemente”, declarou. Já Biden afirmou que os Estados Unidos e a Alemanha “agem em sintonia” perante a crise. “Estamos trabalhando em sintonia para deter uma futura agressão russa na Europa, bem como responder aos desafios apresentados pela China”, disse. Em Kiev, a ministra das Relações Exteriores alemã, Annalena Baerbock, disse que o país vai conceder apoio aos ucranianos. “Estamos com a Ucrânia. Ninguém conseguirá criar uma barreira entre nós”, ressaltou.

Postar um comentário

0 Comentários