Mega operação contra tráfico de drogas e lavagem de dinheiro tem bloqueio de R$ 1,8 bilhão e 75 mandados de prisão em 16 estados

Homem preso nessa quinta-feira (17) durante cumprimento da Operação Smurfing em Pernambuco — Foto: Reprodução/Polícia Civil


A Polícia Civil de Pernambuco desencadeou, nessa quinta-feira (17), uma operação conjunta com 75 mandados de prisão e 45 de busca e apreensão domiciliar, sequestro de bens e bloqueio de ativos para 16 estados. Segundo a corporação, a Justiça decretou o bloqueio de R$ 1,8 bilhão.

Os alvos são suspeitos de envolvimento com tráfico de drogas e lavagem de dinheiro em uma organização criminosa com atuação nacional.

Não foram divulgados pela Polícia Civil detalhes de quais foram os bens sequestrados, nem o que foi bloqueado pela Justiça.

Denominada Smurfing, a operação partiu de uma investigação que era realizada a partir de uma organização criminosa de Ipojuca, no Grande Recife, desde novembro de 2018.

Segundo a Polícia Civil, foram identificados "braços" financeiros e operacionais da organização criminosa em vários locais do país, mas não deu detalhes de como funciona o esquema. A corporação definiu essa como a "maior e mais abrangente operação de repressão qualificada de sua história".

A partir da investigação em Ipojuca, os policiais acompanharam o caminho do dinheiro obtido através do tráfico, passando pelos operadores financeiros e empresas utilizadas por uma organização criminosa para lavagem de dinheiro, segundo a Polícia Civil de Mato Grosso.

As investigações revelaram uma relação dos envolvidos com investigados na Bolívia, sobretudo alvos residentes na região de fronteira. As informações indicaram que a região é, provavelmente, uma das rotas pelas quais drogas ilícitas com origem boliviana entram no país.

Além de Pernambuco, os mandados foram emitidos para Rio Grande do Norte, Amazonas, Piauí, Maranhão, Roraima, Rondônia, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Goiás, Paraná, Alagoas, São Paulo, Acre, Minas Gerais e Bahia (confira lista de cidades ao fim da reportagem).

Smurfing é uma tipificação de lavagem de dinheiro, que consiste no fracionamento de uma grande quantia em pequenos valores, de modo a escapar do controle administrativo, camuflando assim transferências e operações financeiras.

Todos os mandados foram emitidos pela Vara Criminal de Ipojuca, no Grande Recife. Em Mato Grosso, foram 30 mandados de prisão cumpridos.

A Polícia Civil de Pernambuco apontou que, além das polícias estaduais, a operação é realizada em parceria com a Secretaria de Operações Integradas do Ministério da Justiça e Segurança Pública. Outros detalhes devem ser divulgados em "momento oportuno", segundo a corporação.

Cidades para onde foram emitidos mandados:

Acre: Rio Branco


Alagoas: Rio Largo e Maceió


Amazonas: Manaus


Bahia: Juazeiro


Goiás: Trindade, Aparecida de Goiânia e Goiânia


Maranhão: São Luiz e Estreito


Mato Grosso do Sul: Corumbá


Mato Grosso: Campo Grande, Pontes e Lacerda, Comodoro, Cacéres, Várzea Grande, Juina e Cuiabá


Minas Gerais: Santa Luzia


Paraná: Umuarama


Pernambuco: Recife, Petrolina, Cabo de Santo Agostinho, Olinda, Paulista, Limoeiro, Igarassu, Carpina, Abreu e Lima.


Piauí: Teresina


Rio Grande do Norte: Parnamirim e Natal


Rondônia: Porto Velho


Roraima: Boa Vista


São Paulo: São Paulo


Postar um comentário

0 Comentários