Ucrânia acusa Rússia de bombardear mais dois hospitais

Handout / National Police of Ukraine / AFP

O prefeito da cidade de Zhytomyr, Serhii Sukhomlyn, disse no Facebook que as tropas russas atingiram mais dois hospitais, sendo um deles infantil. Segundo Sukhomlyn, não houve feridos. O ataque acontece um dia após o bombardeiro em uma maternidade em Mariupol que deixou ao menos 17 feridos. O presidente Volodymyr Zelensky se manifestou sobre o ocorrido e classificou o ocorrido como um genocídio. “Passou dos limites”, disse Zelensky sobre os últimos ataques.

O conflito entre Rússia e Ucrânia está em seu 15º dia. Nesta quinta-feira, 10, os Ministros das Relações Exteriores dos dois países, Serguei Lavrov e Dmytro Kuleba, se reuniram na Turquia, mas saíram da reunião sem nenhum acordo. Das três rodadas de negociações que aconteceram até agora, só ficou decidido a criação de corredores humanitários para retirada dos civis.

Postar um comentário

0 Comentários