Ataque russo em shopping deixa mortos na Ucrânia

Foto: Reprodução/Telegram Volodymyr Zelensky


Pelo menos duas pessoas morreram e 20 ficaram feridas em um ataque com mísseis russos ao atingir um shopping center no centro da Ucrânia nesta segunda-feira (27), disse uma autoridade de alto escalão.

Kyrylo Tymoshenko, vice-chefe do gabinete do presidente Volodymyr Zelensky, disse que nove dos feridos estão em estado grave após o ataque com mísseis na cidade de Kremenchuk.

Segundo o presidente ucraniano, Volodymyr Zelensky, o shopping contava com mais de 1000 civis dentro das suas instalações.

No momento ainda não havia detalhes sobre as vítimas, mas Zelensky disse: "É impossível imaginar o número de vítimas".

"Nenhum perigo para o exército russo. Sem valor estratégico. Apenas a tentativa das pessoas de viver uma vida normal, que tanto irrita os ocupantes", declaro

Kremenchuk, uma cidade industrial de 217.000 habitantes antes da invasão russa da Ucrânia em 24 de fevereiro, fica no rio Dnipro, na região de Poltava, e é o local da maior refinaria de petróleo da Ucrânia.

Vadym Denysenko, conselheiro do Ministério do Interior da Ucrânia, disse que a Rússia poderia ter três motivos para o ataque.

"O primeiro, sem dúvida, é semear o pânico, o segundo é... destruir nossa infraestrutura, e o terceiro é... aumentar as apostas para fazer com que o Ocidente civilizado volte a sentar-se à mesa para conversar", disse ele.

A Rússia ainda não se pronunciou.

Postar um comentário

0 Comentários