Slider[Style1]

Style10

Style3[OneLeft]

Style3[OneRight]

Style4

Style2

Style6

Style5[ImagesOnly]

Chapéu de Palha cadastra 6.398 trabalhadores no Sertão do São Francisco

Foto: Douglas Fagner/Seplag

O programa Chapéu de Palha (PCP) 2020 cadastrou 6.398 trabalhadores rurais da Fruticultura Irrigada e da Pesca Artesanal na região do Sertão do São Francisco, no período de 20 de janeiro a 7 de fevereiro. Os cadastramentos foram realizados nos municípios de Lagoa Grande, Santa Maria da Boa Vista, Petrolândia, Orocó, Cabrobó, Belém do São Francisco e Petrolina - o maior polo, que concentrou mais de 70% dos cadastramentos da região.
Esses beneficiários terão direito ao recebimento de uma bolsa mensal no valor de R$ 271,10 (fruticultura) ou R$ 281,90 (pesca) durante o período da entressafra e do inverno, que dura quatro meses. A ajuda financeira está condicionada à participação do beneficiário em cursos de capacitação oferecidos pela Secretaria de Planejamento e Gestão (Seplag), gestora do Programa Chapéu De Palha, em parceria com outras secretarias estaduais como a da Mulher e a de Trabalho e Qualificação.

Desde que o Programa Chapéu de Palha foi instituído, milhares de trabalhadores se capacitaram com os cursos oferecidos. Muitos deles encontraram nos cursos a oportunidade para deixar o trabalho rural definitivamente, incorporando uma nova fonte de renda para subsistência de suas famílias. O secretário de Planejamento e Gestão, Alexandre Rebêlo, destaca esta característica do Chapéu de Palha. “O empreendedorismo individual é muito estimulado, sobretudo nos segmentos de artesanato e gastronomia”, afirmou.

A ex-trabalhadora rural Cecília Gomes de Siqueira trabalhou durante oito anos na fruticultura irrigada do Vale do São Francisco e, enquanto se beneficiou com a bolsa do Chapéu de Palha, fez diversos cursos oferecidos pelo Programa a cada período de entressafra. O curso que mudou sua vida foi o de Panificação. Há dois anos se tornou empreendedora no ramo gastronômico e hoje sobrevive com uma renda mensal de dois salários mínimos vendendo produtos à base de pão de batata. “O Programa Chapéu de Palha fez toda a diferença na minha vida. Tenho 45 anos e poderia perder a saúde trabalhando na roça até envelhecer. Hoje eu vendo meus lanches e tenho carro, computador e internet em casa”, disse Cecília, que também trabalha replicando o empreendedorismo, ministrando o mesmo curso que mudou sua vida.

PETROLINA - O maior polo de cadastramento foi instalado de 3 a 7 de fevereiro no Centro de Convenções de Petrolina. A novidade deste ano foi a informatização que integrou as três etapas do processo de cadastramento: triagem, cadastramento e capacitação. Com isso, cada beneficiário levou cerca de 10 minutos para se habilitar na edição 2020 do programa.

A Seplag montou uma estrutura que incorporou vários serviços do governo estadual no Centro de Convenções de Petrolina. A SDS ofereceu 185 senhas diárias para tirar a nova carteira de identidade, totalizando mais de 900 documentos disponibilizados gratuitamente no período de 3 a 7 de fevereiro. Já a Secretaria de Saúde levou para o local o Ônibus da Prevenção, com exames gratuitos e distribuição de preservativos e campanhas de conscientização sobre sexo seguro e contracepção. Já a Agência de Empreendedorismo de Pernambuco (AGE), montou um estande para oferecer microcrédito aos trabalhadores rurais. O gerente de Pequeno Negócio da AGE, Nelson Cordeiro, explicou que durante a semana de cadastramento no Chapéu de Palha recebeu cerca de 60 beneficiários por dia. “Oferecemos um crédito popular no valor de R$ 3 mil, podendo ser pago em doze vezes com os menores juros do mercado”, explicou o gerente. A Compesa também montou uma estrutura no local, oferecendo água mineral gratuitamente aos beneficiários.

Salgueiro, PE, cadastra ambulantes para trabalhar na festa de São João

Ambulantes (Foto: Felipe Lazzarotto/EPTV)

Estão abertas até o dia 17 de junho as inscrições para os ambulantes interessados em trabalhar na festa junina de Salgueiro, no Sertão pernambucano, que acontece entre os dias 23 e 26 deste mês. Poderão ser comercializadas bebidas e comidas.
Os interessados devem ir na Secretaria de Desenvolvimento Econômico das 7h30 às 13h. Os ambulantes devem levar Certidão Negativa de Débito junto ao município, que ele pode pegar na Diretoria de Fiscalização, localizada no térreo da Prefeitura de Salgueiro. Este documento deverá ser apresentado na Secretaria de Desenvolvimento Econômico para fazer ou renovar o cadastro.
As pessoas autorizadas a comercializarem seus produtos estarão identificadas com crachá e adesivo informando o produto vendido, o local e a data. As pessoas cadastradas também deverão assinar um termo para não venderem bebida alcoólica a menor de 18 anos, além de não explorar trabalho infantil e não vender em garrafa de vidro.
G1 Petrolina

Chapéu de Palha cadastra no Sertão de PE pescadores entre dias 11 e 15


Começou a segunda etapa do Programa Chapéu de Palha com o cadastramento de pescadores artesanais e marisqueiros de 54 municípios de Pernambuco. No Sertão, os pescadores podem se inscrever entre os dias 11 e 15 de abril em locais definidos pelo programa. Existem postos de cadastro nas cidades sertanejas de Afrânio, Araripina,Belém do São Francisco, Bodocó, Cabrobó,Lagoa Grande, Parnamirim, Petrolina, Santa Maria da Boa Vista e Serrita.

Para se cadastrar na etapa é preciso ser pescador artesanal ou marisqueiro; ser maior de 18 anos; não receber nenhum benefício social (aposentadoria, INSS ou Defeso) e ser registrado no Ministério da Pesca. Além de ter comprovado através de Registro Geral da Pesca (RGP) com, no mínimo, de um ano de emissão.

É necessário ainda apresentar originais e cópias do NIS/PIS do participante e/ou do representante legal, CPF do participante, Identidade, comprovante de endereço, além da Carteira de Pescador (RGP).

Em janeiro deste ano já foi realizado o cadastramento dos agricultores da fruticultura irrigada no Sertão. No total, 9.934 pessoas se inscreveram na primeira etapa do programa. Eles vão receber uma bolsa de quatro parcelas de R$ 246,45, complementares ao Bolsa Família. Em maio, será realizado o cadastramento dos trabalhadores da zona canavieira.
Outras informações podem ser obtidas pelo telefone: 0800 282 5158.

Veja os pontos de cadastramento das seguintes cidades do Sertão:
DATACIDADELOCAL
11/04AFRÂNIOAv. Domalan S/N – Centro no Polo OAB
11/04ARARIPINARua Genuíno de Albuquerque S/N - Lagoa do Barro- Escola são João Batista
11/04BELÉM DE SÃO FRANCISCOProj. Manga de Baixo,s/n,Z.Rural /  Rua Martina de Souza Pinto, s/nº, próximo ao frigorífico JC e Escola EMEC - Colônia de pescadores
12/04BODOCÓRua Pedro Bezerra, nº 391, Agrovila Várzea do Meio - Igreja Católica Central
12/04CABROBÓAv. José Gomes de Andrade, nº 04, Centro-Colônia de Pescadores
13 E 14/04LAGOA GRANDEPovoado de Açude Saco II, Distrito de Jutaí-Colônia de Pescadores
14/04PARNAMIRIMDistrito de Entre Montes - (6 km de Jacaré)-Colônia de Pescadores
14/04PETROLINARua Principal S/N – Pedrinha -Escola Municipal Francisco Rodrigues de Santana
12/04SANTA MARIA DA BOA VISTALago de CEASA S/N - Centro- Colônia de Pescadores
11A 14/04SERRITASítio do Pavão S/N – Vajota  - Zona Rural-Colônia de Pescadores














































(Do G1 Petrolina)

Prefeitura cadastra gratuitamente ambulantes que trabalharão no carnaval



Com a proximidade do carnaval, a Prefeitura de Petrolina inicia ações de ordenamento dos espaços que receberão a festa na cidade, que acontece de 6 a 9 de fevereiro. Em virtude disto, a gestão municipal convoca os vendedores ambulantes que pretendem comercializar comidas e bebidas no percurso. 

Os cadastros, que serão feitos de forma gratuita, acontecem nos próximos dias 1 e 2 de fevereiro (segunda e terça-feira) de 8h às 12h na sede da Secretaria de Desenvolvimento Econômico e Agrário, localizada no pavimento térreo do Centro de Convenções. Estão aptos a participar do cadastramento os ambulantes submetidos a capacitação, oferecida pela Prefeitura de Petrolina. No ato do cadastro os vendedores devem apresentar o comprovante desta capacitação e também de residência, além de cópias de RG e CPF.

Os atendimentos serão organizados por ordem de chegada, mediante distribuição de fichas. “Esta organização prévia dos ambulantes que vão ocupar as ruas, comercializando seus produtos, é de extrema importância para orientarmos todos eles sobre seus postos de trabalho e também dar mais conforto aos foliões”, avalia o secretário Jorge Assunção. Jorge destaca ainda a necessidade de que ambulantes cheguem cedo nos dias do cadastro. “Temos uma quantidade limitada de fichas para atendimento, então, os ambulantes devem chegar cedo à nossa Secretaria”, reforça Assunção.

Nos dias de carnaval, os vendedores cadastrados serão distribuídos entre a Av. Joaquim Nabuco, Praça 21 de setembro e Praça do Centenário (Igreja Matriz). Mais informações pelo número (87)3862-9261.

Serviço:
Cadastramento de ambulantes - Carnaval
Quando: 1 e 2 de fevereiro
Que horas: 8h às 12h (atendimento por ordem de chegada)
Onde: Secretaria de Desenvolvimento Econômico e Agrário - Centro de Convenções
O que precisa: Comprovante de capacitação e de residência, além de cópia de RG e CPF




Ascom PMP