Slider[Style1]

Style10

Style3[OneLeft]

Style3[OneRight]

Style4

Style2

Style6

Style5[ImagesOnly]

Chuva abre cratera na pista e 'engole' carro e caminhão em Júlio Mesquita (SP); uma pessoa morreu

Chuva abre cratera na pista e 'engole' carro e caminhão em Júlio Mesquita — Foto: TV TEM/Reprodução

A chuva que atingiu a região de Marília (SP) na madrugada desta terça-feira (11) abriu uma cratera na Rodovia Leonor Mendes de Barros (SP-333) e um caminhão e um carro foram "engolidos" pelo buraco, em Júlio Mesquita (SP). Uma pessoa morreu.

Segundo a Polícia Rodoviária, o caminhão parou próximo do local onde a cratera se abriu, no quilômetro 308, e também cedeu. O motorista conseguiu sair do veículo e não sofreu lesões, segundo a polícia.

Na manhã desta terça, quando a água abaixou, a polícia e o Corpo de Bombeiros perceberam que um carro também caiu no buraco e que havia uma pessoa morta. A rodovia foi interditada em ambos os sentidos.

A concessionária que administra a rodovia confirmou a morte do funcionário, que estava trabalhando e que um carro da empresa caiu na cratera. Ainda conforme a empresa, um duto de água que passa sob a rodovia cedeu e causou o desabamento da pavimentação.

Um dia antes, um acidente parecido foi registrado na Rodovia Marechal Rondon (SP-300), em Botucatu (SP). Um caminhão caiu no buraco aberto na pista, que continua interditada nos dois sentidos no quilômetro 258. O motorista foi encontrado morto a cerca de 1,3 quilômetro do lugar onde caiu.

Rota alternativa

Segundo a concessionária, para quem trafega sentido Marília - Júlio Mesquita, deve desviar pela Rodovia Transbrasiliana (BR-153), acessando a Rodovia Marechal Rondon (SP-300) no quilômetro 447, em Lins.

Já para quem segue de Júlio Mesquita para Marília deve acessar a Rodovia da Comunidade (SP-349), seguindo sentido Álvaro de Carvalho - Garça e acessando a Rodovia Comandante João Ribeiro de Barros (SP-294).

O local está sinalizado por uma equipe da concessionária, que permanecerá 24 horas, orientando e desviando o trânsito, conforme a necessidade.

A vicinal Guaimbê-Júlio Mesquita não está sendo utilizada como desvio, pois também está interditada por erosão. As informações são de G1 Bauru e Marília.

Bombeiros encontram corpo de motorista que teve caminhão 'engolido' por cratera durante temporal

No quilômetro 258, próximo ao pedágio, a pista desmoronou e um carro foi parar no canteiro da rodovia — Foto: TV TEM/Reprodução


Equipes do Corpo de Bombeiros, da Polícia Militar e da concessionária que administra a Rodovia Marechal Rondon localizaram no fim da tarde desta segunda-feira (10) o corpo do motorista e o caminhão que foram arrastados pela enxurrada após um trecho da rodovia, no km 258, desmoronar em Botucatu (SP).

A vítima, que ainda não identificada, estava próxima ao veículo a cerca de 1,3 km do local da queda. Equipes estão no trecho, que é de difícil acesso, para fazer a retirada do corpo e do veículo.

Os bombeiros iniciaram as buscas pelo veículo e o motorista por volta das 5h desta segunda-feira após a forte chuva que atingiu Botucatu. Uma equipe de bombeiros que estava socorrendo duas vítimas de um acidente, em Santa Maria da Serra, e passava pelo local viu o momento em que o veículo foi "engolido".

"No momento em que o caminhão estava passando, a roda de trás afundou no asfalto. Ele empinou, já virou de lado e sumiu na cratera", disse o cabo do Corpo de Bombeiros Clauderval José Bento.

Além do caminhão, moradores contaram que um carro com duas pessoas foi arrastado pela correnteza na ponte Capivarinha, distrito de Vitoriana. Bombeiros e a Polícia Militar foram acionados e fazem buscas pelos ocupantes do veículo. Ainda não se sabe a identidade dos moradores. As informações são de G1 Bauru e Marília.

Chuva forte no Agreste abre cratera no centro da cidade de Buíque (PE)

Foto: Reprodução / Rádio Jornal


Choveu forte nas últimas 24 horas em Buíque, no Agreste. Segundo a Agência Pernambucana de Águas e Climas (APAC), foram 65 milímetros registrados das 15h dessa segunda-feira às 5h desta terça-feira (27).

Entre os estragos provocados pela intensidade da chuva está uma cratera aberta na PE-270 que corta a cidade. A água também entrou em algumas casas. Ouça na reportagem de Nildo Lucena, da Rádio Jornal Pesqueira.


Cratera

De acordo com a Apac, essa teria sido a maior chuva do ano para a região. Toda essa água causou inúmeros alagamentos na cidade e abriu uma cratera na PE-270, que corta o centro do município. Saiba mais na reportagem de Anchieta Santos.

A Polícia Militar (PM) informou que umas séries de obras relacionadas ao saneamento básico em Buíque estavam em andamento e que valas estavam abertas para instalações de canos. Com a forte chuva, que foi mais intensa na tarde dessa segunda, os buracos, que eram pequenos e estreitos, se abriram ainda mais por conta do acúmulo de água.

O Departamento de Estradas e Rodagem (DER) afirmou que enviou uma equipe técnica até o local para a realização de uma vistoria. Uma força-tarefa foi realizada entre a empresa que realiza a obra de saneamento na cidade e o órgão. O trânsito no local já foi liberado.

Vários alagamentos também foram registrados no município, principalmente em casas e estabelecimentos comerciais. Ainda não existe registro de desabrigados e nem desalojados.



Outros municípios

Em Serra Talhada, no Sertão de Pernambuco, as fortes chuvas, que vieram acompanhadas de raios e trovoadas, fizeram um canal do município estourar. A água invadiu várias residências e dificultou as passagens de veículos pelas ruas da cidade.

Choveu forte também em Afogados da Ingazeira, também no Sertão, choveu 42 mm, mas não houveram prejuízos registrados. Ainda no Sertão, o município de Iguaraci registrou uma acúmulo de 87 milímetros no período das 6h dessa segunda ás 6h desta terça. Quixabá (61mm) e Floresta, 46mm, também registraram fortes chuvas.

De acordo com a Apac, além de Buíque, os municípios de Pedra, 45mm, e Lagoa dos Gatos, 39mm, no Agreste, também registraram precipitações.

Na Zona da Mata, o município de Belém de Maria registrou um total de 70 milímetros no mesmo período, ocasionando vários alagamentos.

Segundo a Apac, as fortes chuvas que atingiram os municípios da Zona da Mata, Agreste e Sertão, foram ocasionadas em consequência da zona de convergência do atlântico sul, que ocorre justamente neste período do ano.


Previsão do tempo

Ainda de acordo com a APAC, a previsão é de chuva para hoje em todo estado. No Sertão, deve continuar chovendo com intensidade de moderada a forte. As informações são do Rádio Jornal.

Cratera põe em risco motoristas e pedestres em rodovia federal na Zona Sul do Recife

Cratera tomou conta do acostamento da BR-101 (Foto: Reprodução TV Globo)


Três pneus e algumas placas sinalizam uma cratera na BR-101 Sul, no bairro do Ibura, Zona Sul do Recife. Segundo moradores, o barranco cedeu há cerca de um mês e acabou com o acostamento da rodovia federal. Faltando 70 centímetros para invadir a pista, o buraco põe em risco motoristas e pedestres que passam pelo local. Perto da cratera há mato alto e uma parada de ônibus de concreto caída no chão.

Essa é a segunda vez que a cratera se forma no local. De acordo com o morador José de Lima, eles tiveram que enfrentar o mesmo problema há cinco anos. “Já fizeram o serviço [de conserto], mas aconteceu de novo. Acredito que o serviço não foi bem feito e, por isso, o problema se repetiu”.

No local é possível ver rachaduras e sinais de erosão. O acostamento não mais existe. Pedestres precisam dividir espaço com os veículos para seguir o caminho, colocando a vida em risco. O morador Márcio Barbosa mede o avanço da cratera todo dia. Nesta sexta-feira (4), a a fita apontou que restam 70 centímetros para que o buraco invada a pista.

“Todos os dias, eu percebo que está chegando mais perto da pista. Já enviamos dois documentos para o Departamento Nacional de Infraestrutura (Dnit). Só não sabemos quem pode resolver. Se é o Dnit, o Departamento de Estradas de Rodagem (DER) ou a Secretaria das Cidades [de Pernambuco]. A gente não sabe a quem cobrar. Gostaríamos de saber quem é responsável pela BR-101”, pontuou.

A cratera fica perto de um ponto de retorno, com visibilidade reduzida por causa do mato alto. Na área, outro problema chama a atenção. Uma parada de ônibus caiu no dia 11 de julho.

“À noite, tudo isso fica pior, porque não conseguimos ver nada. A parada está assim há quase um mês e nada é feito. Essa parada atende duas comunidades. É muita gente atingida por isso”, completou Márcio.

Resposta

Em nota, o Grande Recife Consórcio de Transporte informou que vai enviar uma equipe de técnicos ao local para verificar se será necessário fazer a remoção e substituição da parada ou a recuperação dela. O órgão ainda disse que a manutenção das paradas de ônibus é feita com frequência. A população pode informar problemas nas paradas por meio do telefone 0800.081.0158.

Sobre a cratera, a reportagem entrou em contato com o DER, o Dnit e a Secretaria de Transportes de Pernambuco, mas ainda não obteve retorno. As informações são do G1 PE.



Caminhão quase é ‘engolido’ por cratera formada em asfalto na Areia Branca em Petrolina (PE)

(Reprodução / Blog do Carlos Britto)



A rotina no tráfego de veículos do Bairro Areia Branca, zona leste de Petrolina, foi quebrada no início da manhã desta terça-feira (4), após um caminhão quase ser ‘engolido’ por uma cratera que se abriu nas imediações da feira livre. Por conta disso, o trânsito foi interrompido por cerca de uma hora.
 O fato teria sido provocado por uma infiltração no sistema de esgotamento sanitário no cruzamento entre as Ruas da Polônia e dos Estados Unidos com a Avenida São Francisco, e que já durava mais de uma semana.
O condutor do veículo havia parado no semáforo ao lado do Supermercado S’antana, quando percebeu a pavimentação cedendo. “Foi um susto enorme. Pensei que ia ser engolido pelo buraco”, desabafou.
(Reprodução / Blog do Carlos Britto)

Foi necessário um guincho automatizado para içar o caminhão, que ficou com pequenas avarias no para-choque. “Quero saber quem irá arcar com meu prejuízo”, disse o condutor. Uma equipe da Compesa foi acionada ao local para iniciar os reparos na rede de esgotamento. Agentes de fiscalização de trânsito da Autarquia Municipal de Mobilidade de Petrolina (AMMPLA) liberaram o tráfego assim que o caminhão foi retirado da cratera. Informações do Blog do Carlos Britto.

Tubulação rompe e abre cratera em cruzamento de João Pessoa (PB)


Cratera se abriu no bairro do Expedicionários, em João Pessoa (Foto: Walter Paparazzo/G1)

Uma cratera se abriu no cruzamento das Avenidas Expedicionários e Capitão João Freire, no bairro dos Expedicionários, em João Pessoa. Segundo relatos de moradores, o buraco começou a abrir com a chuvas que atingiram a capital paraibana na noite de quarta-feira (1º) e se agravou na madrugada desta quinta-feira (2).


Ainda de acordo com os moradores, o buraco por muito pouco não engoliu um carro. Esta é a terceira vez que o mesmo buraco se abre no mesmo local, ainda conforme moradores da área. De acordo com o coordenador da Defesa Civil de João Pessoa, Noé Estrela, o problema foi causado pelo rompimento de uma tubulação de responsabilidade da Companhia de Águas e Esgoto da Paraíba (Cagepa).
Ainda de acordo com Estrela, a Cagepa foi notificada e informou que vai iniciar o processo de reparo da cratera ainda nesta quinta-feira (2). O local foi isolado pela Defesa Civil e não inspira maiores riscos. O trânsito no local está interditado. Informações do G1 PB.

Cratera 'engole' carro de enfermeira em estacionamento de hospital da BA

(Reprodução / TV Bahia)



O carro de uma das enfermeiras do Hospital Municipal de Teixeira de Freitas, no sul da Bahia, caiu em uma cratera que se abriu no estacionamento para funcionários da unidade de saúde, na manhã desta quarta-feira (9). A proprietária do veículo estava trabalhando no momento em que a situação ocorreu. Ninguém ficou ferido.
De acordo com o hospital, o buraco foi causado por uma fossa desativada que se rompeu e acabou gerando o desabamento do asfalto. Apenas o carro da enfermeira foi atingido.
A Defesa Civil da cidade esteve no local e isolou a área. Por volta das 11h, o carro foi removido da cratera. Um estudo será feito para saber o motivo da fossa, que estava desativada, ter se rompido. informações do G1 BA.

Cratera se abre no Hospital Dom Malan e atendimentos são transferidos

Cratera no Hospital Dom Malan, em Petrolina (Foto: Divulgação / Defesa Civil de Petrolina)


Parte dos atendimentos realizados no Hospital Dom Malan (HDM), em Petrolina, no Sertão de Pernambuco, foram transferidos para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA 24h), depois que uma parte do piso da unidade hospitalar cedeu, formando uma cratera.

O caso ocorreu no dia 2 de novembro, mas a direção do HDM só se pronunciou sobre o fato nesta terça-feira (8). Ninguém ficou ferido e a Emergência Pediátrica foi interditada.
Emergência pediátrica do HDM foi fechada (Foto: Divulgação / Defesa Civil de Petrolina)Emergência pediátrica do HDM foi fechada
(Foto: Divulgação / Defesa Civil de Petrolina)
De acordo com a nota do hospital, o terreno que suporta o alicerce do piso da Emergência Pediátrica cedeu. A extensão do acidente é de oito metros, formando um buraco de três metros de profundidade, com dois de largura.

Segundo a direção do Dom Malan, os pacientes estão sendo encaminhados para a UPA 24 horas de Petrolina, e são redirecionados para o hospital apenas os casos que precisam de internamento. A administração não informou quando o funcionamento será reestabelecido.

Em nota, a Defesa Civil de Petrolina disse que o local foi vistoriado e que, segundo o engenheiro civil responsável, o incidente foi causado devido a uma infiltração da tubulação de água. A infiltração fez com que abrisse uma cratera de mais de 30 metros quadrados. informações da Taisa Alencar / G1 Petrolina.
Defesa Civil disse que cratera tem mais de 30 metros quadrados (Foto: petrolina, pernambuco, jornalismo, HDM)