Slider[Style1]

Style10

impostometro de Petrolina

Style3[OneLeft]

Style3[OneRight]

Publicidade

Style4

Style2

Style6

Style5[ImagesOnly]




No apagar das luzes da gestão passada, dia 29 de dezembro de 2016, o ex-prefeito de Petrolina(PE), Julio Lossio, inaugurou as instalações do Centro de Parto Normal, que tinha o objetivo de otimizar o fluxo de partos na cidade. Esta semana, o município recebeu a visita da Vigilância Sanitária do Estado, que confirmou o parecer já emitido pela atual equipe da Secretaria Municipal de Saúde: a Casa de Parto não tem condições de funcionamento por não atender às normas ministeriais e da vigilância sanitária.

Na manhã desta quinta-feira (16), o prefeito do município, Miguel Coelho, visitou a estrutura do local. “Desde que assumimos a gestão, já havíamos diagnosticado que a Casa de Parto não tinha a menor condição de funcionamento, e agora nós tivemos a confirmação da Vigilância Sanitária do Estado. O laudo reforça que o local não atende às portarias do Ministério da Saúde, a decretos do governo do estado e da vigilância sanitária estadual”, destacou.

Segundo o prefeito, será realizado um projeto para devolver a estrutura à Secretaria Municipal de Saúde que hoje está dividida em três departamentos. “O que nós entendemos é que foi construído um puxadinho numa tentativa de ludibriar a população com falsa expectativa. Vamos devolver a estrutura à Secretaria para que ela possa atender de uma forma compatível com que a população merece, um atendimento humanizado e profissional, além de garantir melhores condições de trabalho para os servidores”, explicou.

A secretária municipal de saúde, Magnilde Albuquerque, que acompanhou o prefeito durante a visita, informou que já está sendo elaborado um projeto para uma nova Casa de Parto, próximo ao Hospital Dom Malan (HDM)/Imip. Ela reforçou a importância da retomada do prédio para os trabalhos administrativos da pasta.

“Encontramos a secretaria esfacelada, com setores separados e distantes uns dos outros, sem comunicação e sem telefone. Quando voltarmos para este prédio vamos ficar com a equipe unidade, facilitando o trabalho dos servidores e o acesso dos pacientes também”, disse a secretária.

Sobre montieur monteiro

«
Próximo
Postagem mais recente
»
Anterior
Postagem mais antiga

Nenhum comentário:

Poste um Comentário

Recomendados Para Você