Slider[Style1]

Style10

impostometro de Petrolina

Style3[OneLeft]

Style3[OneRight]

Publicidade

Style4

Style2

Style6

Style5[ImagesOnly]

Enfermeiro foi filmado usando computador enquanto idosa passava mal em hospital na BA (Foto: Reprodução/TV Santa Cruz)



Parentes de uma idosa de 78 anos filmaram o momento em que a mulher passava mal dentro de um hospital no município de Itabuna, no sul da Bahia, para denunciar a falta de atendimento médico no local.

Eles dizem que um enfermeiro que trabalha na unidade de saúde, mesmo percebendo que a idosa não estava bem, não tomou nenhuma providência para atender a paciente. Após o caso ganhar repercussão, o profissional foi afastado das atividades.

O vídeo, gravado na semana passada pelos familiares da idosa Creuza Maria da Silva Faustino, foi divulgado nas redes sociais. Nas imagens, a mulher aparece deitada em um banco do hospital. Os parentes disseram que ela estava com a pressão alta.

O enfermeiro, responsável pela triagem, é filmado sentado de frente para um computador numa sala ao lado, sem prestar atendimento à paciente.

"Olha a situação dessa senhora idosa, que tem os direitos violados por um mau profissional, por um péssimo profissional. E ele falou para mim que ele é concursado, que não vai dar nada para ele. E tem testemunhas aqui para comprovar isso", disse um dos parentes da vítima na gravação.

De acordo com a família, a idosa só foi atendida depois que várias pessoas começaram a filmar o que estava acontecendo. A mulher, depois de medicada, foi para casa e, segundo os parentes, está se recuperando bem.

A direção do hospital informou que, além do afastamento do enfermeiro que aparece nas imagens, um inquérito administrativo foi aberto para investigar o ocorrido e, caso fique comprovado que houve negligência, o profissional poderá ser exonerado do cargo.

A unidade de saúde disse ainda que, em casos como esse, o protocolo de atendimento determina que a triagem seja feita e os pacientes com estado de saúde mais grave sejam atendidos de forma mais rápida. O hospital não informou se há prazo para conclusão do inquérito administrativo e nem por quanto tempo o enfermeiro ficará afastado das funções. As informações são do G1 BA.

Sobre Petrolina News

«
Próximo
Postagem mais recente
»
Anterior
Postagem mais antiga

Nenhum comentário:

Poste um Comentário

Recomendados Para Você